Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o atum mais caro de sempre acabou de ser vendido por 2,7 milhões (veja a melhor maneira de o cozinhar)

"O atum parece fresco e saboroso, mas acho que paguei um bocadinho demais por ele". Um "bocadinho demais" foram, mais precisamente, 2,7 milhões de euros por um peixe com 278 quilos, o que dá qualquer coisa como 10 mil euros por quilo.

A loucura foi cometida, no passado sábado, dia 5 de Janeiro, em Tóquio, pelo japonês Kiyoshi Kimura, o dono da cadeia de restaurantes Sushi Zanmai, e coloca este como o atum mais caro de sempre, tendo custado mais do dobro do anterior vencedor do recorde.

No total, o peixe com quase 300 quilos deverá render à cadeia de restaurantes cerca de 12 mil peças de sushi, o que significa que cada uma dessas peças terá custado, pelo menos, 225 euros em peixe.

tuna_steak_t658.jpg

A culpa é do atum Bluefin do Pacífico, uma das espécies de atum mais procuradas e valiosas do mundo. O Bluefin do Pacífico é considerada uma espécie vulnerável, o que significa que tem de ser preservada para não entrar em extinção. É por isso que os preços atingem estes níveis loucos. Por isso e pelo facto de ser o tipo de atum com mais gordura, o que o torna também mais saboroso.

Se um pedacinho deste maravilhoso atum tivesse chegado à porta da Mansão Mistério, eu tê-lo-ia preparado de uma de duas maneiras: ou cortado em suculentas e inacreditáveis fatias de sashimi (a melhor maneira de aproveitar todo o sabor desta delícia), ou seguindo esta deliciosa receita da Martha Stewart.

 

de6f7c46cdebe608bab3101c02ae9cf7.jpg

Ingredientes

  • 500 g de atum cortado em 5 cubos rectangulares
  • 3 colheres de sopa de sementes de sésamo brancas
  • 1 colher de sopa de sementes de sésamo pretas
  • 1 colher de sopa de óleo de cártamo

 

Misture as sementes de sésamo num prato de sopa e envolva as peças de atum nesta mistura, pressionando bem de todos os lado de forma a que as sementes fiquem bem agarradas ao peixe. Aqueça o óleo numa frigideira, em lume médio-alto, e cozinhe cada peça de atum durante cerca de 20 segundos de cada lado. O objectivo é que o atum fique dourado por fora e cru por dentro.

Coloque o atum cozinhado em cima de um prato, com papel de cozinha, para escorrer a gordura, e corte em fatias com cerca de meio centímetro de espessura.

Sirva simplesmente com molho de soja ou com o molho de gengibre da Martha Stewart. Leva molho de mirin, miso, gengibre fresco ralado, sumo de cenoura, sumo de laranja, molho de soja, vinagre, piripíri, óleo de sésamo e cebolinho picado. E, para o preparar, só precisa de ver aqui as quantidades certas de cada ingrediente e misturar tudo numa taça. 

Eu cá ficava pelo molho de soja simples. Afinal, quanto menos ingredientes juntar a um peixe tão delicioso, melhor.

 

Um óptimo atum para si onde quer que os 2,7 milhões de euros estejam,

Ele

 

fotos: san diego reader; martha stewart