Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

o segredo do gordon ramsay para fazer a melhor tarte de maçã que já alguma vez provou

16.11.19

Gordon Ramsay está para a minha vida assim como Mussolini está para o programa eleitoral do Chega. É uma inspiração diária. Cada palavra do chef britânico é bebida nesta casa como se fosse um cognac de 1972. E por isso, quando encontrei este fantástico tratado de Ramsay sobre a tarte de maçã, publicado no seu livro Cooking For Friends e citado no site The Kitchn, entrei em meditação profunda.

Em vez de atirar os pedaços de maçã para cima da base da tarte como se fossem um ingrediente banal, Gordon Ramsay carameliza-os primeiro, em lume forte, com açúcar, canela e uma pitada de noz-moscada. 

Durante cerca de cinco minutos ao lume, a maçã vai tostar por fora e absorver lentamente todos os sabores por dentro. Parece quase um caramelo ambulante preparado para rebentar a cada dentada. Mas o melhor é ver a receita completa. Isto, depois de fazer a devida vénia ao grande chef, claro.

k_Photo_Series_2019-11-Battle-Apple-Pie_2019-11-Ba

 

Ingredientes 

  • 100 g de açúcar
  • 1/2 colher de chá de canela em pó
  • Pitada de noz-moscada
  • 4 maçãs Granny Smith grandes com cerca de 1,3 kg
  • 70 g de manteiga
  • 500 g de massa de tarte doce
  • 1 gema de ovo XL batida com duas colheres de chá de água

 

Primeira decisão importante. Quer fazer a massa para a base da tarte de raiz ou comprar a massa já feita? Ramsay tem uma receita para a base da tarte aqui, mas também pode usar outra base desde que seja doce e fique crocante.

Resolvido esse detalhe, vamos passar às maçãs caramelizadas. Descasque as maçãs e retire-lhes o caroço. Corte-as em cubos e coloque-os numa taça grande. Misture o açúcar com a canela e a noz-moscada e espalhe por cima dos cubos de maçã. Envolva bem a maçã no açúcar antes de derreter metade da manteiga, numa frigideira antiaderente, e acrescentar metade dos cubos de maçã cobertos de açúcar. Deixe fritar durante cerca de 5 minutos, em lume forte, até que os cubos de maçã fiquem dourados e caramelizados. Repita, na mesma frigideira, com o resto da manteiga, da maçã e do açúcar. Assim os cubos de maçã vão ficar crocantes e com o açúcar e a canela bem absorvidos.

Agora só precisa de forrar com a massa o fundo de uma forma, com cerca de 20 cm. Encha-a com os cubos de maçã caramelizados e já arrefecidos. Pincele as bordas da massa com água e cubra a tarte com um novo círculo de massa. Pressione bem nas bordas para colar a tampa à base de massa e fechar a tarte.

Bata à mão a gema de ovo com a água e pincele a cobertura da massa com esta mistura. Com uma faca, faça um leve corte em cruz na tampa da tarte para libertar o vapor do interior durante a cozedura. Polvilhe a tampa com açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 190 ºC, durante 35 a 40 minutos.

Quando a cobertura começar a ficar tostada e crocante, a sua tarte está pronta.

 

Uma óptima tarte de maçã para si onde quer que o Gordon Ramsay esteja,

Ele

 

receita: gordon ramsay; foto: the kitchn

 

2 comentários

Comentar post