Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casal Mistério

Casal Mistério

as suites de sonho em cima de uma piscina biológica na comporta

21.03.21

3.jpg

Conseguimos finalmente dormir nas famosas Bio Pool Suites do Sublime Comporta! Finalmente? Porquê? É assim tão difícil marcar uns dias no Sublime? (Deve estar a perguntar-se). No verão, é quase impossível, pelo menos para nós. Por duas razões: está quase sempre cheio e (a mais importante) é absurdamente caro, tal como os poucos hotéis de luxo na Comporta. Por isso, aproveitámos os dias de semi liberdade que tivemos antes deste último confinamento para passar aqui duas noites a preços bem simpáticos.

sublime-comporta-country-house-retreat-gallery72-s

Desde que, há uns anos, fomos jantar ao Sem Porta, o restaurante do Sublime, que sempre tive uma enorme vontade de passar um fim de semana neste hotel de charme na Muda. Na época, a ementa estava a cargo do temível Ljubomir Stanisic, a nossa experiência foi bastante atribulada e de alguma forma dececionante (pode ler aqui) e o hotel era bem mais pequeno. Agora cresceu, o restaurante melhorou muito e o hotel ganhou ainda mais charme.

20232069_1031561480312917_5299618215580516676_o.jp

 

O hotel

O primeiro 5 estrelas da região começou por ser um turismo rural com apenas 14 quartos. Agora tem 90, entre Suites, Bio Pool Suites e Villas. Este projeto nasceu quando, em 2002, Gonçalo e Patrícia Pessoa, ele comandante e ela assistente de bordo da TAP, se apaixonaram pela região numa visita à Comporta com um casal de amigos. O entusiasmo foi tal que não descansaram enquanto não compraram um terreno por aqui. Só em 2004 é que encontraram o que pretendiam. Começaram por construir uma casa mas, a meio da obra, mudaram de ideias e decidiram transformá-la num pequeno hotel. E ainda bem. Para todos nós.

58462348_1488244941311233_121798877308256256_o.jpg

Mantiveram o projeto da casa inicial à qual chamaram Owner’s Suite. Seguiram-se os Friends Rooms, onde começaram por instalar amigos e convidados. Mas depressa se aperceberam de que estes não iriam chegar para a procura. A Comporta estava definitivamente na moda. Decidiram então construir mais 9 Guest Suites e entre 2014 – quando inauguraram o hotel – e 2016 mantiveram-se com apenas 14 quartos, o restaurante e o SPA.

sublime-comporta-country-retreat-amp-spa-galleryow

Hoje o Sublime tem villas e cabanas espalhadas por entre os pinheiros dos cerca de 20 hectares da propriedade. E em 2019 criaram as espetaculares Bio Pool Villas. Desde então que massacro diariamente o meu querido Marido Mistério para passar aqui uns dias. Consegui convencê-lo no final do ano passado e marquei um fim de semana romântico (longe da prole mistério) nestas suites de sonho. Como é que o convenci? Em plena pandemia, o Sublime está a fazer ótimas promoções até ao fim do mês de março. Só para ter uma ideia: as Bio Pool Suites custam normalmente €450 por noite e pagámos €190 por noite, aproveitando a promoção Winter Escape Offer.

7.jpg

Quando fizemos a reserva, anonimamente como sempre, pedi um quarto com lareira. Sugeriram-me, muito simpaticamente, fazer esse pedido por escrito na reserva online, porque se tivessem quartos disponíveis – ainda que mais caros – fariam sem problema um upgrade. Como as Bio Pool Suites têm uma salamandra (para mim está perfeito, já o meu querido Marido Mistério diz que não é a mesma coisa, mas mal abrimos a porta da suite rendeu-se logo), ofereceram-nos uma sem pestanejarem.

9.jpg

A nossa suite

Construídas sobre uma impressionante piscina biológica, as Bio Pool Suites têm terraços privados que lhe dão acesso direto à água, como se estivesse naqueles bungalows em cima da água nas Maldivas, só que a água não é azul turquesa porque a piscina é biológica, claro. E as suites estão construídas sobre palafitas, tal como o famoso Cais da Carrasqueira, construído não muito longe daqui pelos pescadores da região.

2.jpg

As suites são lindas, espaçosas e muitíssimo bem decoradas. Com as paredes, o teto e o chão em madeira e palhinha, todos os objetos são feitos com materiais naturais e rústicos e os tons são neutros, sendo o branco a cor dominante. Tanto os terraços como as casas de banho são enormes e com ótimos acabamentos. Aqui respira-se luxo e bom gosto. Uma combinação rara nos tempos que correm.

62320189_1522654057870321_5342157752435212288_o.jp

Desde os bolinhos e fruta fresca à garrafa de vinho Moscatel à nossa espera no quarto, aos toalhões brancos enormes e macios, aos lençóis incrivelmente frescos e confortáveis, aos vários almofadões de algodão egípcio ou às amenities Claus Porto, tudo aqui tem requinte e conforto e remete-nos para outras paragens de luxo asiático. Só dois reparos: para grande tristeza do meu querido Marido Mistério, a salamandra elétrica não estava a funcionar bem e desligava-se automaticamente. Ele fez de tudo para reacender a chama, mas perdeu a guerra. E a cortina de uma das paredes laterais também estava estragada, só subia até metade. Detalhes, apesar de tudo, perdoáveis quando estamos a usufruir mais de 50% de desconto. 

134649034_2069110693224652_5408451050131743542_o.j

O tempo não estava brilhante quando lá estivemos mas nem a chuva perturbou o nosso fim de semana. Os dois chapéus de chuva que tínhamos no quarto foram mais do que suficientes para percorrer o caminho até ao edifício principal que aloja a receção e o restaurante. Pelo caminho, éramos aquecidos pelas inúmeras lareiras exteriores espalhadas pelos jardins e pelos terraços. À chegada, havia sempre um funcionário pronto para nos abrir a porta, para nos resgatar da chuva.

107484142_1897338670401856_3614236478294625982_o.j

A verdade é que o nome do hotel lhe assenta na perfeição. As suites são de facto sublimes, o serviço é também ele sublime. Todos os funcionários – sem exceção – são simpáticos, afáveis, competentes e encantadores. E até os pratos do restaurante sublimaram em relação à nossa última experiência.

150972055_2103537216448666_2618428378301085297_o.j

O restaurante

Para grande felicidade e descanso do meu querido Marido Mistério – a nossa Graça Freitas de calças – as regras de segurança da DGS foram cumpridas a rigor durante a nossa estadia. No primeiro dia, o hotel tinha mais hóspedes e o pequeno-almoço foi servido em regime de buffet, mas ofereciam luvas descartáveis para nos podermos servir sem receios. Além disso, havia álcool gel disponível perto das mesas.

14714930_859225907546476_6064755873928838446_o.jpg

O pequeno-almoço era ótimo e variado. Além dos habituais pães diversos, scones, croissants, bolos, panquecas, bolas de Berlim e pastéis de nata em miniatura, manteiga, compotas e doces, manteigas de amendoim e de amêndoa, uma enorme variedade de queijos, fiambres e presuntos, tinha vários tipos de cereais, granolas, frutos secos e sementes para acompanhar iogurtes frescos e caseiros.

14691336_859225900879810_7077390331742328078_o.jpg

Também havia três sumos naturais diferentes (um deles detox), café, chá e vários tipos de leite, bem como fruta fresca e ovos feitos no momento de todas as maneiras. Ele pediu e rendeu-se logo a uns impecáveis ovos Benedict, eu deliciei-me com os meus ovos mexidos que estavam exatamente no ponto certo: nem demasiado líquidos nem demasiado secos. Estavam perfeitos.

IMG_20201209_105600_resized_20210318_021412928.jpg

No dia seguinte, o pequeno-almoço já foi à la carte, porque havia muito menos hóspedes do que no dia anterior. Mas basicamente serviram-nos tudo o que pedimos na véspera. E melhor porque no buffet as coisas acabam por arrefecer, como foi o caso das panquecas que, no segundo dia, chegaram quentinhas da cozinha.

WhatsApp Image 2021-03-18 at 13.48.22.jpeg

Como o tempo não estava brilhante, ficámos a aproveitar o hotel, por isso, almoçámos também na zona do bar que tem um menu de snacks como uns deliciosos e crocantes croquetes, uns palitos de batata doce, uma empada de caça com jus de trufa divinal, ou seja, um convite para a desgraça total e completa da minha dieta. Já o jantar foi tão bom no primeiro dia que optámos por jantar no hotel no segundo dia também porque não resistimos a experimentar mais pratos da lista do Sem Porta.

sublime-comporta-country-retreat-amp-spa-galleryse

Na primeira noite, partilhámos um incrível queijo de Azeitão gratinado com presunto Pata Negra de entrada. A seguir, deliciei-me com uma tranche de robalo de mar com xerém e lingueirão, já o meu querido Marido Mistério não resistiu à barriga de leitão com puré de laranja e chips caseiras. No dia seguinte, não me aguentei e tive de pedir a sopa de santola no casco que era absolutamente divinal.

11.jpg

Tudo isto regado com excelentes vinhos de um produtor vizinho do Sublime, a Quinta Brejinho da Costa, que fornece a adega do hotel com um rótulo próprio. Dica: pergunte onde fica a quinta (é praticamente o portão ao lado) e vá abastecer-se de vinho antes de voltar para casa. Encontra os mesmos vinhos que experimentou no hotel a menos de metade do preço. O meu querido Marido Mistério encheu a mala do carro de tal maneira que até tive vergonha de chegar a casa e justificar aos miúdos o nosso carregamento absurdo de álcool.

17337995_TjI5L.jpeg

As atividades   

Vale a pena percorrer a propriedade e espreitar a zona da piscina, magnificamente enquadrada na paisagem, os restantes edifícios e passear por entre as villas que se escondem entre os pinheiros ou a horta biológica, que rodeia o restaurante que abre no verão, o Food Circle. Nós fizemos várias caminhadas para tentar abater o excesso de calorias que ingerimos nos dois dias que aqui passámos.

sublime-comporta-country-house-retreat-gallerysubl

Também pode marcar massagens e tratamentos no SPA e, claro, se estiver bom tempo, não deixe de ir dar um mergulho à Praia do Pêgo ou à Praia do Carvalhal a 10 minutos de carro do hotel. Nós fizemos questão de almoçar no novo restaurante do hotel na Praia do Carvalhal,  o Sublime Comporta Beach Club, e adorámos. Mas essa experiência será devidamente relatada pelo meu querido Marido Mistério num próximo post perto de si.

SUBLIME_COMPORTA_BEACH_CLUB_100620_2150.jpg

Agora, se puder, apresse-se e vá espreitar o site do Sublime porque as promoções acabam no fim do mês.

 

O bom 

O restaurante

O mau 

A salamandra sempre a desligar-se

O ótimo 

A decoração do hotel e as Bio Pool Suites

 

Um ótimo desconfinamento para si onde quer que esteja,

Ela

 

fotos: casal mistério e sublime comporta

 

Nota: Todas as despesas das visitas efetuadas pelo Casal Mistério a restaurantes, bares e hotéis são 100% suportadas pelo próprio Casal Mistério. Só assim é possível fazer uma crítica absolutamente isenta e imparcial. 

 

1 comentário

Comentar post