sabe onde provámos a melhor sobremesa dos últimos anos?

    couvert

    couvert

    Mal me sentei à mesa, olhei para a ementa e li manteiga Marinhas (€1), percebi logo que estava a entrar num pequeno Éden. A Marinhas é a minha manteiga preferida já há muitos anos. Sem ter o toque de sabor a queijo da Uniflores ou da manteiga de Azeitão (outras duas preciosidades artesanais), a Marinhas consegue ser suave, equilibrada e muitíssimo saborosa. Produzida de forma artesanal desde 1954, não leva corantes nem conservantes e é feita a partir de natas de leite de vaca extraídas na própria fábrica. É dificílima de encontrar à venda, por isso quando eu encontro manteiga Marinhas, sou tão feliz como o Marcelo Rebelo de Sousa quando encontra um telemóvel com câmara frontal.
    Para acompanhar, pedimos um cesto de broa de milho (€2,40) não demasiado pesada mas também não muito saborosa o que, perante a maravilha da manteiga, não foi grave.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *