Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer uma deliciosa carne marinada com molho de soja e coentros

É de perder cabeça, não é? Há quem fique encantado ao ver um anel de diamantes numa montra, eu fico de queixo caído quando olho para uma imagem destas. De queixo caído e de garfo erguido.

Esta divinal carne de vaca no forno deixa-me a contar os segundos que faltam para o jantar. Não consigo controlar-me, é mais forte do que eu.

A facílima receita é do fantástico blog Damn Delicious e só leva um naco de fraldinha de boi ou vaca (se não encontrar este corte em Portugal, pode substituir por aba), azeite, coentros picados, molho de soja, sumo de laranja natural, sumo de limão natural, alho picado, pimento jalapeño picado sem sementes e cominhos em pó. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Carne-AsadaIMG_8246.jpg

 

hoje tínhamos de fazer uma receita bem portuguesa: lombos de bacalhau com manteiga de alho em apenas 15 minutos

Hoje é Dia de Portugal. É dia de Camões e de campeões da Liga das Nações. E tinha de ser Dia de Bacalhau. Numa data destas, precisávamos de ter uma receita bem portuguesa que estivesse à altura do orgulho nacional. E quando falamos de receitas bem portuguesas, falamos de bacalhau. Não à Brás, não à Gomes de Sá, mas à Casal Mistério. 

ribeiralves bacalhau a guilho-2.jpg

Cá em casa, todos adoramos bacalhau. E, mais ainda, se vier em lombos altos e macios daqueles que se separam em fabulosas lascas brancas suculentas.

Felizmente, temos cá em casa os divinais lombos de bacalhau Riberalves pronto a cozinhar. Como vêm já demolhados, só precisa de os colocar dentro da panela e já está. Mais nada. São esses fantásticos lombos de bacalhau que vou fazer hoje para o jantar, em mais um desafio da Riberalves para criarmos receitas divinais com o seu delicioso bacalhau.

Como se trata de um feriado, vou fazer uma receita fácil e rápida. E como se trata do Dia de Portugal, vou preparar um irresistível molho de alho e coentros. Mas o melhor é ver o passo-a-passo aqui em baixo.

 

 

peitos de frango com o molho de queijo e alho mais cremoso

Hoje não me apetece cozinhar. É daqueles dias em que dava tudo para poder chegar a casa, estender-me no sofá e ter o Carson a trazer-me um gin tónico antes de me perguntar:

– O que vai querer para hoje ao jantar, Milord?

Infelizmente o Carson cá de casa sou eu. Tal como sou também o cozinheiro, o motorista, o jardineiro e o que mais for preciso. Por isso, não me resta outra alternativa que não seja deixar-me de frescuras e mergulhar na cozinha como o Michael Phelps mergulha na piscina.

O que vale é que encontrei uma faustosa receita do fantástico blog Cafe Delites para minimizar a minha frustração de Milord sem mordomo. Trata-se de uns irresistíveis peitos de frango com um incrível molho de queijo parmesão e alho. E não me venha cá hoje falar de dietas. Se é para me obrigar a cozinhar, ao menos deixe-me engordar.

Tudo o que vou precisar é de peitos de frango cortados ao meio para os tornar mais fininhos, farinha, queijo parmesão ralado e alho em pó. Para o molho, tenho de ter azeite, manteiga, cebola picada, uma cabeça de alho inteira, caldo de galinha, leite evaporado ou natas light, mais queijo parmesão ralado e salsa fresca picada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Creamy-Garlic-Chicken-Breast-Recipe-IMAGE-1.jpg

 

 

o truque para fazer os camarões com alho mais saborosos de sempre

A linha que separa uns divinais camarões para o jantar de um banal prato sem sabor consegue ser tão fininha como a barriga da Sara Sampaio. Basta um minuto a mais na frigideira para os camarões suculentos virarem camarões secos e basta uma simples dica para os camarões sem sabor virarem uma refeição irresistível.

Os dois truques são revelados pelo extraordinário site Bon Appétit. Para os camarões cozinhados no ponto, esteja atento à ponta oposta da cauda, aquele pedaço de carninha mais alto de onde acabou de arrancar a cabeça. Mal ele passar de translúcido para branco, desligue o lume e coloque os camarões num prato. Não os deixe nem um segundo a mais no calor senão continuarão a cozinhar.

Para a explosão de sabor, siga esta fantástica dica do Bon Appétit:

shrimp-scampi.jpg

 

como fazer uma maionese em apenas 30 segundos, segundo o masterchef austrália

É provavelmente a receita mais menosprezada de todo o sempre. Cada vez que alguém fala de maionese, 90 por cento das pessoas pensa num frasco de Hellmann's. A minha pergunta é: se não compramos guacamole de lata por que é que haveremos de comprar maionese de frasco?

O sempre imbatível Matt Preston, um dos gloriosos apresentadores do Masterchef Austrália, é um acérrimo defensor da maionese caseira e por isso mesmo partilhou com os concorrentes do programa a sua receita preferida de maionese. Além de ser facílima de fazer, é provavelmente a mais rápida que eu já vi. E fica densa e cremosa, como é suposto. O truque é exagerar no óleo: em vez dos tradicionais 150 ml para um ovo, Preston usa uns exorbitantes 350 ml.

Melhor ainda é que Matt Preston aprendeu esta receita com um dos vencedores do MasterChef UK. E fê-la para os concorrentes do concurso australiano.

9b64d5a526d01e369ef6b9244d5875a6.jpg

 

não é o arroz de atum da assunção cristas, mas este jantar fica pronto em 5 minutos

Boa tarde, o meu nome é Ele Mistério e não sou a Assunção Cristas! No entanto, também tenho uma receita fácil e rápida para partilhar com os meus "eleitores" para desenrascar aqueles dias de confusão absoluta. Não é um arroz de atum, é um fenomenal camarão al ajillo para fazer em apenas 5 minutos. Leu bem: 5 minutos não dá nem tempo para compreender o primeiro parágrafo de qualquer lei aprovada no Parlamento, contudo é suficiente para cozinhar esta maravilhosa receita do fantástico site The Kitchn.

Tudo o que vou precisar é de camarão descascado, vinho branco, alho laminado, manteiga sem sal, salsa picada e sumo de limão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

4d14d19b855023bfdb66a6a99bb9dd78fb2894a0.jpeg

 

 

camarões com alho e lima para fazer em apenas 5 minutos (e com um ingrediente secreto divinal)

Vamos lá ver bem as coisas: cinco minutos é o tempo que o Jerónimo de Sousa demora a dar as boas tardes num discurso no Parlamento. É menos tempo do que o D. Duarte demora a dizer o seu nome completo. Mas consegue ser tudo aquilo que precisa para fazer este fenomenal jantar do fantástico livro de Julia Turshen, Now & Again, uma verdadeira Bíblia para cozinhar em casa com os restos que lhe sobram no frigorífico.

É incrível como é que se faz uma maravilha destas em apenas 5 simples minutos. E mais incrível ainda porque não estamos a falar de uns banais camarões al ajillo, mas antes de uma verdadeira margarita de camarão. Sim, estou a falar da própria da bebida. Aquela que leva lima e tequilla e que nos deixa alegres mesmo numa terça-feira de trabalho.

Não acredita? Então experimente lá para ver como é que este camarão fica com lima e tequilla.

a3a777c7b36bfb10e8247496df87344e423caa46.jpeg

 

camarões com molho de lima e mel para fazer em apenas 15 minutos

Já está de férias? Então volte lá para a sua praiazinha que esta conversa é para ter com gente que está no batente, desinspirada perante mais uma semana de trabalho, fechada num escritório, enquanto certas e determinadas pessoas dão mergulhos na praia. Espero que tenha vergonha de tirar férias enquanto eu trabalho. Por mim, instituía uma nova lei no País: só se aprova férias se o Casal Mistério também estiver de férias.

Pois a verdade é que estamos aqui, sentados ao computador, à procura de receitas fáceis e deliciosas para animarem a nossa segunda-feira de neura. E felizmente tropeçámos nestes deliciosos camarões com molho de lima e mel, do fantástico blog Rasa Malaysia, para preparar enquanto o Neymar se rebola pelo chão: sim, é verdade, o jogador brasileiro passou 14 minutos do Mundial no chão e nós só vamos precisar de apenas 15 minutos na cozinha para fazer esta delícia.

Tudo o que tem de separar é camarões descascados, manteiga derretida, alho picado, mel, sumo de lima espremido no momento, flor de sal, pimenta-de-caiena, azeite e salsa picada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

garlic-honey-lime-shrimp1.jpg

 

camembert derretido no forno com azeite de trufas para devorar enquanto assiste ao portugal – uruguai

Para um jogo memorável temos de ter um aperitivo ainda mais memorável. E esta incrível receita do blog Girl and the Kitchen é tudo o que precisamos para hoje. Tem apenas 4 ingredientes, demora 15 minutos a fazer e sai do forno a derreter, já para não falar do incrível sabor desta maravilha.

Só precisa de camembert, dois dentes de alho cortados em fatias fininhas, tomilho fresco, azeite de trufas (se não encontrar pode usar azeite extra-virgem, mas não deixe de experimentar com azeite de trufas, é muito melhor) e crackers ou tostas para servir.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

4-Ingredient-Garlic-Baked-Brie-8-of-9.jpg

 

 

rolinhos de frango recheados com alho e ervas, um jantar fácil que só suja uma frigideira

Sinto-me quase como o Bruno de Carvalho a falar dos árbitros. Eu sei que pareço obcecado com frango para o jantar de segunda-feira, mas, confesse lá, existe prato mais prático e multifacetado do que este?

Então, não responde?

Calculei que a resposta fosse essa. E é exactamente por isso que hoje, a primeira segunda-feira do santo mês de Abril, o jantar na Mansão Mistério será... galinha. É o máximo que eu posso fazer para variar. Especialmente desde que vi esta irresistível receita de peitos de... galinha com manteiga e ervas no fabuloso site Food52.

Tudo o que vou precisar para fazer esta beleza de prato é de peitos de galinha (se lhe quiser chamar frango, eu também não levo a mal), sal, pimenta, alho, salsa, tomilho e manjericão frescos e picados, manteiga, farinha, azeite, vinho branco e limão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

fde3f792-69b4-45c9-b07a-15cc9e54ad0d--2014-0103_WC

 

 

um jantar delicioso para fazer em 20 minutos: camarão no forno com crosta de manteiga de alho

É Donald Trump a pegar na caneta para assinar mais um decreto xenófobo e eu a pegar no avental para fazer mais um jantar divinal. Descobri a única maneira pacífica de combater um presidente com o cabelo cor-de-laranja: fechar-me na cozinha e só sair lá de dentro em Janeiro de 2021. Assim, talvez o tempo passe mais depressa.

Para hoje, encontrei uma deliciosa e facílima receita para um jantar típico de segunda-feira: rápido, fácil e mais ou menos light para compensar as calorias do fim-de-semana. A ideia é do imbatível blog Gimme Some Oven e resolve-se com sete simples ingredientes: camarão descascado, alho picado, vinho branco, manteiga derretida, pão ralado, sumo de limão espremido no momento e salsa picada. Isto além de sal e pimenta preta moída, claro. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, para quatro a seis pessoas, consulte a receita original aqui.

Garlicky-Baked-Shrimp-Recipe-2.jpg

 

 

salmão al ajillo, o jantar ideal para quem adora receitas fáceis e deliciosas

O meu querido Marido Mistério está fora de si com a vitória de Donald Trump nas presidenciais norte-americanas. Eu fico fora de mim só de olhar para aquela gravata gigantesca, quase a tocar no joelho, mas, apesar de tudo, resisto melhor ao choque. Por isso, resolvi procurar uma receita que o anime hoje ao jantar.

É claro que não é uma receita para eu fazer – que ainda estou a descobrir os segredos do ovo estrelado – mas é perfeita para o nosso querido mini-misterioso com pretensões a chef botar a mão na massa. O prato é um salmão no forno feito especialmente para todos os fãs de alho – e Ele é um ferveroso "alhólico". A ideia é do sempre essencial blog Gimme Some Oven.

E a receita é facílima: tudo o que o meu querido mini-misterioso vai precisar é de um lombo de salmão, manteiga, alho, ervas aromáticas secas, vinho branco, sumo de limão espremido no momento, sal, pimenta, salsa picada e cebolinho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita completa aqui.

Garlic-Lovers-Salmon-In-Foil-3.jpg

 

massa de alho com couve-flor assada para afugentar os pretendentes da nossa filha adolescente

Hoje a nossa filha adolescente convidou uns amigos para uma sessão de cinema cá em casa e pediu-me para fazer jantar para a malta toda. Para tentar dissuadi-la disse que ia fazer um prato vegetariano ao que ela me respondeu:

- Mãe, é indiferente, eles comem qualquer coisa. (Só não disse "dahh" porque me estava a dar graxa!)

O meu querido Ele (que começa a ficar enervado com estas sessões de cinema numa sala às escuras) lembrou-se de acrescentar um ingrediente inibidor de grandes proximidades: o alho. Não me dei ao trabalho de lhe explicar que nesta fase não há alho ou cebola que impeçam as hormonas de saltar, mas pus mãos à obra e decidi fazer esta ótima, civilizada e vegetariana receita do magnífico blog donna hay.

roasted_cauliflower_olive_garlic_pasta.jpg

 

nove minutos + uma panela = uma massa deliciosa: será que esta é a receita mais simples do mundo?

Está visto: o homem voltou de férias e com ele voltaram os exageros. É isso que está a pensar neste momento, não é? Calculei. É por isso que cá em casa me chamam Maya, o Vidente Mistério. Pois, devo dizer-lhe que, se não é a receita mais simples do mundo, é pelo menos uma das mais famosas em toda a Internet.

O fenómeno viral à volta desta deliciosa massa feita em nove minutos, com todos os ingredientes colocados ao mesmo tempo dentro de uma panela nasceu em 2011 quando a chef e apresentadora americana Nora Singley visitou a pequena aldeia piscatória de Peschici, a norte de Puglia, em Itália. Foi aí que Nora conheceu Mateo Martella, o chef de um modesto restaurante, que lhe contou a forma rápida e deliciosa como a sua mãe cozinhava a pasta: primeiro usava uma frigideira, depois colocava todos os ingredientes lá para dentro ao mesmo tempo, juntamente com uma pequena quantidade de água. Quando a água evaporava, a massa estava pronta. Mateo foi para a cozinha e preparou a massa em poucos minutos. "Estava perfeita", contou Nora à revista Slate. E com uma consistência incrível al dente.

Há dois anos, Nora publicou a receita na revista Martha Stewart Living e esta tornou-se rapidamente um fenómeno universal, com milhões de partilhas na Internet. Hoje, existem centenas de variações para fazer esta pasta al dente. Mas eu não abdico da original. São nove minutos, meus senhores!

14592305158_5a4471ba3e_b.jpg

 

 

sopa de feijão branco, pastinaca, alecrim e alho tostado (tão boa quanto difícil de pronunciar)

Pas… quê? Pastinaca? Importa-se de repetir? Sou de facto uma ignorante culinária (mas só nesta área, que fique bem claro, porque de resto sou muitíssimo culta. Se me perguntarem aqui e agora qual a capital do Burkina Faso, digo-vos já de cor e salteado que é Ouagadougou, ou o nome do… OK admito, já não vivo sem o Google).

Por isso quando descobri esta receita, fui até ao meu querido e inseparável Google e descobri tudo o que precisava de saber sobre a pastinaca ou cherovia (venha o Diabo e escolha, irra! Que raio de nomes!). É nada mais, nada menos do que uma raiz que se usa como hortaliça, da família da cenoura, mas maior, mais pálida e muito mais saborosa. Em Portugal, é cultivada na região da Serra da Estrela e pode encomendar à Ecoseiva. Além da pastinaca, esta receita deste fantástico blog inclui ainda feijão branco e alho tostado no forno. Além de lhe dar um toque gourmet, é mil vezes mais fácil de preparar, porque não tem nem que cortar o alho nem de lhe retirar a pele. É uma sopa fácil e super chique. Boa para um jantar, ótima para um almoço no escritório e excelente para beber à lareira, com uma manta e um bom livro.

Birdseye-Bright-1-.jpg