chá das cinco no palácio das cardosas no porto

      Vou ser franca. Sempre embirrei com “os dias internacionais de qualquer coisa”. Bom, exceção feita para o dia da criança, quando era miúda. Agora, parece que todos os dias são dias de alguma coisa, e confesso que até mesmo o dia internacional da mulher me irrita um bocadinho. “Porque é que não há o […]