Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como fazer a tarte de maçã mais fácil para o seu natal

Cá em casa, tarte de maçã é coisa que não falta do Natal. E com a semana do Thanksgiving a chegar, eu entrei oficialmente em modo natalício – ou seja, já estou a programar o que é que vou fazer este ano para a consoada. E a primeira nomeada para o prémio de Miss Natal 2018 é esta deliciosa e facílima tarte de maçã do site Pillsbury.

Em primeiro lugar, se optar por comprar a base da tarte já pronta, só vai precisar de mais seis ingredientes. Depois, na prática só tem 15 minutos de trabalho porque tudo o resto é esperar que a tarte coza no forno.

s731605203434032016_p2_i1_w640.jpeg

 

bolo de chocolate e castanhas sem glúten para celebrar o sucesso do BrunchVilla

Ufa! Sim, estamos vivos. Sobrevivemos a este fim-de-semana. E hoje voltamos ao trabalho, como uma segunda-feira qualquer, em modo cadáver ambulante. Sou capaz de ter emagrecido só com o stress. Não, infelizmente, não aconteceu. Mas hoje vou ressuscitar graças a esta incrível receita que descobri no blog Chew Town. Castanhas e chocolate na mesma receita é provavelmente a melhor ideia de sempre a seguir à invenção da roda, da descoberta da penicilina e das fraldas descartáveis.

Ok, se calhar estou a exagerar um bocadinho, mas é uma combinação incrível, não acha? Ainda por cima não tem glúten. Só vai precisar de um bom chocolate preto, ovos, uma pitada de sal, manteiga, açúcar de confeiteiro e farinha de castanha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

Gluten-Free-Chocolate-Chestnut-Cake.jpg

 

 

bolo de nutella na caneca com apenas 3 ingredientes para fazer no micro-ondas

Confesse lá. Já tinha saudades de uma receita assim: tentadora, deliciosa, facílima, rápida e totalmente para a desgraça. Mas eu estou a precisar disto. Peço desculpa pela interrupção, mas a minha dieta segue dentro de momentos. Estou a precisar desta maravilha que, claro, é para a desgraça, mas para tudo: não tem nem farinha nem açúcar. Estou a precisar de forças porque a semana ainda vai a meio e não tenho horas suficientes para fazer tudo o que preciso de fazer. E uma das razões é que estamos a preparar uma surpresa para si. Quando pudermos revelar, garanto-lhe que vai ser o primeiro a saber. Até lá, talvez enlouqueça. Ou talvez não, porque vou compensando o meu cansaço extremo com alguma dose de loucura e com shots energéticos como este que descobri no blog Kirbie Cravings.

Só preciso de Nutella, um ovo e cacau em pó. E é isto. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

3-ingredient-flourless-nutella-mug-cake-23.jpg

 

 

tarte de figos com iogurte grego e ricotta para comemorar a nossa nomeação para os blogs do ano

"Exmo. Senhor Presidente do Júri,

Exmas. Senhoras e Senhores Jurados,

Ilustres Senhoras e Senhores Membros da Organização,

Distintos Nomeadas e Nomeados

Caras e Caros Convidados,

Senhoras e Senhores Jornalistas,

Portugueses,"

O nosso solene discurso de agradecimento por mais uma nobre nomeação do Casal Mistério para o prémio Blogs do Ano podia começar assim, mas preferimos fazê-lo de uma maneira ligeiramente mais informal:

Figo,

Iogurte grego,

Queijo ricotta,

Queijo creme,

Mel,

Raspas de limão,

Gente que gosta de comer,

Eu sei que esta introdução não tem a solenidade de um discurso do Ferro Rodrigues na Assembleia da República, mas é a nossa forma mais íntima e sincera de agradecer outra incrível nomeação para os Blogs do Ano, organizados pela Media Capital. Em três anos de prémio, esta é a terceira nomeação e nós sentimo-nos tão felizes como o Florêncio Almeida cada vez que vê um Uber ser mandado parar pela polícia.

É claro que, com uma notícia destas, hoje precisávamos de ter festa cá em casa. E Festa Mistério é igual a Doce Mistério. Por isso vamos fazer esta divinal tarte de figos com iogurte grego e queijo ricotta, do fantástico chef australiano Matt Moran.

Para fazer esta delícia vai precisar de queijo creme, ricotta, iogurte grego, açúcar, mel, raspas de um limão, as sementes de vagem de baunilha, ovos, figos cortados em quartos e pistácios. Para a base, precisa de farinha, açúcar de confeiteiro, canela em pó, sal, manteiga e três gemas de ovos. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

944502963ca5bf239edfe2e813f75960.jpeg

 

 

ainda estou em choque: a receita de pastéis de nata "portugueses" do jamie oliver leva...

portuguese-custard-tart-758547_960_720.jpg

...Peço desculpa pela pausa dramática, mas ainda me estou a tentar recompor do baque: crème fraîche?! Eu repito: crème fraîche?! Os nossos queridos pastéis de nata?! Como é que uma receita típica portuguesa, criada algures no século XVIII, pode levar um ingrediente com um acento circunflexo em cima do "i". Um ingrediente que nem sequer se digna a ter uma tradução para português?! O que é que terá passado pela cabeça do Jamie Oliver?

Estava eu ontem tranquilamente a fazer o desmame de mais uma dieta da minha querida Mulher Mistério (tradução: estava eu ontem, às escondidas, à procura de uma boa receita de pastéis de nata para fazer sorrateiramente em casa) e eis que esbarro com a receita que Jamie Oliver publicou no seu livro 30 Minute Meals. Com direito a vídeo e tudo, tal é o descaramento!

94162-blog2b-2bjamie2boliver2b302bminute2bmeals2bb

Primeiro ponto: o crème fraîche. Desde quando é que uma embalagem de crème fraîche passou do hall de entrada dos Pastéis de Belém? Ou da Manteigaria? Ou da Aloma? O crème fraîche é o Bombarralense do campeonato dos alimentos. É a equipa B das natas frescas. É aquilo que usamos quando não temos mais nada para colocar e precisamos de uma solução desesperada.

Segundo ponto: os pastéis de nata "portugueses" do Jamie Oliver ainda levam uma cobertura de caramelo de laranja! Ora, eu sei que aquele queimadinho por cima dos pastéis de nata intrigou o Jamie. Também me fascina a mim. Mas um pastel de nata não é um leite creme. E também não é uma laranjada. Por isso, onde é que o nosso Jamie foi buscar o caramelo com sumo de laranja espalhado por cima?

Eu compreendo que não queira ver mais nada sobre este tema, eu próprio estou indisposto. Mas se insistir, tem aí em baixo a receita completa dos pastéis de nata "portugueses" segundo o Jamie Oliver. Vade retro!

 

 

como fazer uma divinal e facílima tarte de limão e leite condensado

Estou viciado. Assumo. Não há dieta que me consiga manter afastado de uma fabulosa tarte de limão. Ela pode estrebuchar, pode rabujar, pode até choramingar – mas eu não vou parar (ena, que belo verso!). Esta fabulosa tarte de limão com... (pequena pausa dramática para aumentar a emoção)... leite condensado... (mais uma pausa para gritarmos um "uau"!)... é perfeita para estes dias de calor: é leve, fresca e facílima de fazer.

A receita é baseada numa criação do chef americano Bill Smith e foi preparada pelo The New York Times. Segundo o jornal, é um autêntico "dia de Verão em forma de tarte".

Para a base, só vamos precisar de 200 g de bolachas de água e sal, 3 colheres de sopa de açúcar e 115 g de manteiga à temperatura ambiente. Para o recheio, separe 4 gemas de ovo, 1 lata de leite condensado e 120 ml de sumo de limão. Se quiser, também pode espalhar por cima, no momento de servir, um fenomenal chantilly com raspas de limão. Para tirar dúvidas, veja aqui a receita completa.

merlin_141364530_a347f792-5279-4738-9d76-72114e893

 

o melhor bolo que provámos este ano: cheesecake de figo e mel

Antes de qualquer outra coisa, vamos às apresentações: caro, ilustre e distinto leitor, apresento-lhe a Madame Cheeselova. Não tenha medo, não é uma "madame" dos anos 50 e não é polaca. É bem portuguesa e começou a vender, há uns anos, cheesecakes nova-iorquinos através do Facebook

Os cheesecakes nova-iorquinos são cozidos lentamente, a baixa temperatura, no forno, o que os deixa com uma massa cremosa e muitíssimo suave. Só isso já me faria encomendar um verdadeiro camião de bolos cá para casa. Mas há mais. À massa, a Madame mistura ainda um fabuloso puré feito com fruta fresca, o lhe que dá ainda mais cremosidade e muitíssimo mais sabor. E depois inunda o cheesecake por cima com os mais variados e criativos toppings: fruta fresca, caramelo salgado, lemon curd, mel, etc..

IMG_20180904_114117.jpg

 

 

bolo de chocolate e amendoins com base de batata frita (juro que é verdade!)

É claro que eu não vou comer esta tentação do capeta. Adorava. Deve ser do outro mundo, mas infelizmente a minha dieta não me permite. Descobri esta ideia surreal no site da BBC e confesso que estou louca para experimentar esta base de batata frita.

Vou pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer para o resto da família, só para eu dar uma dentadinha (o diminutivo foi bem usado, vai ser mesmo muito pequenina).

Ele vai precisar, para a base, de batatas fritas de boa qualidade, manteiga e golden syrup (como é difícil encontrar, vou sugerir-lhe usar xarope de ácer). Para o recheio, vai precisar de mais manteiga, chocolate preto partido em pedaços, 3 ovos mais 3 gemas, açúcar e amendoins com sal, tostados e picados.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

5b87a5c2008d517b05bd8d578aaf4bd3.jpg

 

 

bolachas de chocolate recheadas com nutella cremosa, a maior maravilha que já vi

É a mais absoluta desgraça! Esta receita é daquelas que nem é preciso dizer nada. Basta mostrar esta fotografia e suspirar perante a inevitabilidade do momento. Vamos ter de fazer, não vamos? Umas bolachas recheadas com Nutella a babar por todos os lados é demais. Até para a minha querida, prezada e dietética Mulher Mistério.

Perante esta loucura, não há nada a fazer nem a dizer. Só há que comer. E muito.

nutellafinal.jpg

 

   

os bolos mais fáceis e saudáveis de sempre: biscoitos de banana, coco e chocolate sem farinha nem açúcar

Esta receita é o Real Madrid dos bolos de fim-de-semana. Ganha tudo e não perdoa deslizes. Cá em casa, bastou a minha querida Mulher Mistério distrair-se durante dez minutos para eu mergulhar na cozinha com esta fabulosa receita do site The Kitchn debaixo do braço.

A massa dos biscoitos é feita apenas com banana esmagada e coco ralado. Toda a consistência vem desta divinal combinação de dois ingredientes: o coco dá-lhe aquele fabuloso toque tropical e a textura semi-tostada; a banana faz o papel do ovo e ajuda a ligar os pedaços de coco enquanto dá uma consistência macia e suave aos biscoitos. E é só: para acabar, deite por cima o chocolate derretido com um bocadinho de óleo de coco.

Para fazer esta maravilha, só vai precisar mesmo disto: uma banana bem madura, já com algumas manchas pretas na casca e 70 g de coco ralado fininho. Para o topping, separe chocolate partido em pedaços e óleo de coco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

5c6de6e7661d8d359b8fb073c7f1db51366c44b1.jpeg

 

bolo de banana paleo e sem glúten para fazer em 2 minutos no micro-ondas

Gosta de acordar de manhã e comer alguma coisa doce? Sabe tão bem, não sabe? Esta receita do blog One Clever Chef é ideal para quem tem pressa de manhã, mas, mesmo assim, ainda precisa de comer alguma coisa consistente e que tire a fome até à hora do almoço. Não tem glúten nem leite e é aprovada pela famosa dieta do paleolítico.

Demora 2 minutos a preparar no micro-ondas e só precisa de uma banana madura esmagada, farinha de amêndoa, um ovo, xarope de ácer (opcional), óleo de coco derretido, extrato de baunilha, nozes picadas, uma pitada de sal e açúcar de coco (também opcional).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 pessoa, espreite aqui a receita original.

banana-mug-cake-1.jpg

 

 

bolo de limão para dois, uma receita incrivelmente romântica

Hoje resolvi fazer uma surpresa ao meu querido Marido Mistério. Ele merece: Ele cozinha, Ele vai às compras, Ele é ótimo pai, Ele, tenho de admitir, saiu-me melhor do que a encomenda. E de vez em quando tenho de lhe dizer isso mesmo ou então retribuir com pequenos gestos de que Ele não está à espera. Sim, porque pode não parecer, mas eu também sou muito prendada. Não na cozinha, mas noutros ramos de atividade… Quais? Em muitos!

Para fazer esta surpresa, terei de contar com a preciosa ajuda do nosso Filho Mistério com vocação para chef porque implica eu ter de entrar na cozinha, o que é meio caminho andado para a catástrofe. E que surpresa é essa, deve estar a questionar-se? Pois bem, é esta incrível receita de bolo de limão que descobri no blog Dessert for Two. O meu querido Marido Mistério é viciado em tudo o que tenha limão, por isso, quando eu lhe aparecer com esta maravilha à frente dele, suspeito que vá derramar uma pequena lágrima de emoção.

Ainda por cima, esta receita só demora meia hora a fazer. Vou precisar de farinha, açúcar, fermento, bicarbonato de sódio, uma pitada de sal, uma gema de ovo, iogurte grego, azeite, raspas de um limão e sumo de limão fresco. Para a cobertura, vou precisar de mais sumo de limão e de açúcar em pó.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

lemon-cake-for-two.jpg

 

 

tarte de mousse de chocolate, a surpresa mais deliciosa de sempre

Olá, eu sou o (piiiiiiii) e sou filho do (piiiiiiii). Peço desculpa, não estou a dizer palavrões, mas é que o meu pai tem a mania do mistério e não nos deixa dizer nem "Casal Mistério" em casa nem os nossos nomes em público.

Não pense que ele é mau por causa disso. Não, é muito bonzinho, é querido para nós, não nos chateia quando temos más notas – ao contrário da minha mãe (emoji olhos revirados) – e está sempre à procura de boas receitas de que nós gostamos para nos fazer ao jantar.

Por isso é que hoje eu juntei-me aos meus irmãos para lhe prepararmos uma surpresa. Como eu sou o que cozinho melhor (Ele está sempre a dizer que eu ainda vou ser chef, mas eu não sei se quero), os meus irmãos escolheram-me para fazer o jantar. Eles dizem que isso é uma coisa boa, mas eu acho que eles só se estão a aproveitar de mim para poderem aparecer como os autores de uma surpresa quando na verdade não fizeram nada.

Bem, não vale a pena queixar-me... Se calhar assim até é melhor. Se eles fossem para a cozinha preparar qualquer coisa, ia ficar uma desgraça por isso é melhor ser eu a tratar de tudo.

Como o meu pai é muito guloso e adora bolos e chocolate, vou fazer uma tarte de mousse de chocolate que é muito fácil de cozinhar. Encontrei a receita no site FeedFeed e leva bolachas de chocolate picadas, manteiga derretida e açúcar mascavado para fazer a base. Para o recheio, leva chocolate preto, manteiga de amendoim macia (não é daquelas duras que há às vezes no supermercado), açúcar, natas para bater e extrato de baunilha. As quantidades certas estão aqui, mas eu acho que vou usar menos açúcar porque a minha mãe diz que faz mal ao meu pai que já não é muito novo.

ae6f4c43087bec67982441bd05a909dd.jpg

 

 

cheesecake de leite condensado, uma sobremesa para fazer em menos de 15 minutos

Primeiro, as más notícias: ontem cheguei a casa e a ala feminina da minha querida Família Mistério anunciou que ia entrar em dieta rigorosa. Não estou a falar da respeitada líder Ela Mistério, não estou a falar da Mini-Misteriosa mais velha – estou a falar de todas as Misteriosas desta casa. Foram todas em peso (peço desculpa, não era trocadilho...) a uma nutricionista e anunciaram que vão eliminar os hidratos de carbono, o açúcar, a gordura... basicamente tudo.

Agora, as boas notícias: a medida só entra vigor na segunda-feira, o que quer dizer que ainda tenho algumas horas de liberdade. Ou, melhor: algumas horas de anarquia, porque vou aproveitá-las para preparar um fenomenal cheesecake para a desgraça: leva açúcar, leva leite condensado, leva bolachas, leva tudo a que tenho direito.

A receita é do sempre espectacular site The Kitchn e só vou precisar de bolachas digestive, açúcar mascavado, manteiga derretida, queijo creme, uma lata de leite condensado, sumo de limão espremido no momento e extracto de baunilha. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

7b1f0e654503807238d906bd8cff5330407fd8a2.jpeg

 

 

o bolo de casamento do príncipe harry não vai ser assim

07b38c04-7137-4fb9-9d00-23f80b0ca013-getty-119552858.jpg

Banana! Apesar de todo o segredo à volta do casamento do Príncipe Harry com a actriz Meghan Markle, uma fonte próxima do casal revelou ao jornal britânico The Telegraph como vai ser o bolo dos noivos.

Ao contrário do que aconteceu no casamento do seu irmão e da sua mãe, Harry decidiu servir um bolo de banana. "É a primeira vez que um casamento real britânico vai ter um bolo de banana", diz a fonte citada.

Segundo a tradição na família, os bolos de casamento são sempre feitos com frutas desidratadas e frutos secos. Depois são embebidos em muito álcool. A ideia é tornar o bolo dos noivos indestrutível – e comestível até ao dia baptismo do primeiro filho do casal.

A tradição já tem mais de 100 anos, quando a famosa marca de bolachas digestive McVitie's foi convidada pela primeira vez para fazer o bolo de casamento real. Em 1893, a McVitie's foi a responsável pelo bolo do casamento da Rainha Maria com o Rei Jorge V. Em 1947, fez o bolo da Rainha Isabel II. E, em 2011, tratou do bolo de William e Kate (foto em cima) que, apesar de ser um bolo de fruta, como manda a tradição, levava uma base feita com 1.700 bolachas digestive e mais de 16 quilos de chocolate.