Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

o que são exactamente 100 calorias em frutos secos

É o momento Mário Centeno do dia. Não vou falar de impostos nem de contas para pagar, mas vou falar de contas para não engordar. Se, tal como eu, mal chega a casa, depois do trabalho, a primeira coisa que faz é sentar-se no sofá com uma taça de aperitivos numa mão e uma mini na outra, estas contas são para si – e para a minha querida e obstinada Mulher Mistério.

Na sua senda em busca da dieta perdida, Ela convenceu-se de que não há problema nenhum em comer uma mão cheia de frutos secos antes do jantar. O problema é que há mãos e mãos. E se tiver uma mão como a do LeBron James, o melhor é saber exactamente quantos frutos secos pode comer.

Por isso é que este guia visual, feito pelo fantástico site The Kitchn, é obrigatório para qualquer dieta. O site foi confirmar exactamente quantos frutos secos é que cabem em 100 calorias. E também contabilizou os amendoins que, apesar de serem uma leguminosa, são dos aperitivos mais comuns em qualquer casa. Agora, prepare-se para as surpresas.

7d243b8abf9658e3acc6c223c33c71741a557960.jpeg

100 calorias de amêndoas (tostadas ou cruas) 

= 17 a 18 g 

= 15 a 19 amêndoas 

 

desprezado pela jovem nata da elite do dafundo no almoço-comício do psd

Um evento destes exigia uma farda à altura. Vesti um parlamentar blazer azul escuro e uma militante gravata cor-de-laranja e meti-me no carro com uma única missão: fazer a crítica gastronómica do almoço de campanha do PSD, nos Bombeiros Voluntários do Dafundo, perto de Lisboa. Um desafio que nos foi lançado pela revista Sábado.

20190515_121459.jpeg

Cheguei uns desleixados sete minutos depois da hora marcada, porque o Google Maps me mandou para a Rua dos Bombeiros Voluntários do Dafundo e não para os Bombeiros Voluntários do Dafundo propriamente ditos – é verdade, não são no mesmo sítio. Encontrei um pequeno aglomerado de quatro pessoas, também de blazer azul escuro, em pé, à porta, à espera do cabeça-de-lista.

Esperei uns segundos antes de avançar e foi então que reparei que quase toda a gente chegava de camisa ou de t-shirt e ia religiosamente cumprimentar todos os homens do blazer.

Conclusão: se queria passar despercebido, era melhor trocar a gravata cor-de-laranja pelo autocolante na lapela. Tirei o blazer e a gravata e corri para a porta onde me colaram, junto ao coração, um pouco discreto semáforo com as inspiradoras palavras: “PSD – Primeiro Portugal – Marcar a Diferença”.

 

 

infiltrámo-nos nos comícios do PS e PSD para fazer a crítica gastronómica das europeias

Já não há carne assada, mas há bacalhau seco, caldo verde sem chouriço e vinho à temperatura do Mar Morto. Enquanto os militantes ouviam os líderes, fomos comer aos eventos de campanha do PS e PSD. Ela jantou em Almeirim, Ele almoçou no Dafundo. Sempre de forma anónima e pagando a conta. Mas sem fatura – porque isso nos partidos não existe. Um desafio da revista Sábado a que não conseguimos resistir.

IMG_0495.jpg

 

 

3 presentes irresistíveis para mães que adoram comer (como este cobertor-tortilla)

5ca3a82792c8862fe0748852-1334-1000.jpg

O Dia da Mãe está aí a chegar e a minha querida Mulher Mistério é uma senhora de muito alimento. Ainda pensei em oferecer-lhe um cabaz gourmet, mas, desde que Ela abraçou a dieta tal como o Snoopy abraçava o Charlie Brown, eu não me atrevo a tal.

A melhor solução que encontrei foi dar-lhe comida que não se come. A ideia foi dos nossos Filhos Mistério que andam doidos com estas três novidades. São presentes para verdadeiros fanáticos por comida. Gente que literalmente gosta de dormir a pensar em comida.

 

 

como espremer o sumo de um limão sem ter de o cortar

É o momento Professor Pardal Mistério da semana. Está a ver aquelas mãos besuntadas de sumo? Está a ver o limão a secar no frigorífico porque teve de o cortar só para espremer umas gotas e não precisou do resto? Está a ver o espremedor que tem no fundo do armário? Agora vai acabar com todos esses dramas que preocupam a Humanidade.

E tudo graças ao fabuloso canal de YouTube How to Make Sushi que fez o favor de partilhar com a sociedade esta incrível dica para espremer um limão quase por telepatia. É fácil, prático, não suja nada e demora menos de 30 segundos.

lemons-2245524_960_720.jpg

 

 

como ela chegou aos 97 anos a beber um vodka por dia

5a52672c4931463a048b456f-750-563.jpg

Esqueça os suplementos alimentares, esqueça os cremes anti-aging, equeça o jogging todos os dias às 8h da manhã. Lembra-se de Betty White, uma das estrelas daquela fabulosa série Sarilhos com Elas? É isso mesmo: quem se lembra desta série já tem que ter preocupações com a idade. E convém começar a pensar nas melhores dicas para viver com saúde e boa disposição mais uns aninhos.

Pois bem, o que interessa para aqui é que a actriz vai fazer 97 anos na próxima quinta-feira e continua fresca que nem uma alface. E para pessoas que, como eu, cresceram a rir-se às gargalhadas com as suas deliciosas piadas na série Sarilhos com Elas, Betty White continua a ser sempre uma referência no que toca a uma grande vida. 

 

 

5 restaurantes michelin onde pode comer por menos de 15 euros

23517520_1613084845378993_2643101127316577600_n.jp

Na semana da entrega das novas estrelas Michelin de 2018 – pela primeira vez em Portugal – resolvi fazer uma viagem pelo outro lado do guia de restauração mais popular do mundo: os restaurantes onde não olham para si de sobrolho franzido cada vez que entra sem um blazer nos ombros, os restaurantes onde não tem 5 empregados à volta da sua mesa enquanto come para confirmar se não faz nenhum esgar que indicie que quer pedir alguma coisa, os restaurantes onde não tem de deixar metade de um salário mínimo nacional por uma refeição. E, no entanto, todos eles restaurantes com estrelas Michelin.

Resumindo, estes são alguns dos restaurantes com estrelas Michelin mais baratos do mundo. E olhe que uns deles ficam aqui bem perto.

 

as primeiras fotografias dos preparativos para o BrunchVilla

Primeiro, vamos começar pelo mais importante, a comida...

5.jpeg

7.jpeg

LRG_DSC01131.jpeg

 

 

o mapa para saber o que comer em espanha e itália

É um guia gastronómico perfeito de dois dos países onde melhor se come na Europa. Isto sem contar com Portugal, claro. O site Travel Supermarket resolveu recriar os mapas de Espanha, Itália e Grécia, seguindo as comidas típicas de cada região. Dos presuntos de Castela e Leão ao polvo da Galiza, está lá tudo, passando pelo parmesão de Emilia Romagna e pelo queijo feta de Creta. Nós escolhemos os nossos dois países preferidos para comer: Espanha e Itália.

Antes de embarcar na sua próxima viagem pela Europa, estes são os mapas que tem de seguir para comer bem.

Spain-On-The-Map.jpg

 

 

 

porque é que nunca, jamais, em tempo algum deve comer a parte boa de um pão com bolor

Já estou a sentir esses dentes cerrados daquela expressão típica de:

– Ups, acho que já fiz asneira! 😬

É verdade, até eu, um cuidadoso e diagnosticado hipocondríaco, não resisto a deitar fora apenas o pedaço de pão onde está o bolor e a comer, como se nada fosse, tudo o resto que esteja branquinho. E faço (ou fazia...) isso por dois motivos bem evidentes na minha cabeça:

  1. Porque deito fora a parte que tem bolor, por isso o resto do pão está óptimo.
  2. Porque o bolor nunca fez mal a ninguém: o delicioso queijo Roquefort não está carregado de bolor?!

Pois bem, meu caro Watson Mistério, lamento desiludi-lo mas ambas estas tão evidentes constatações estão profundamente erradas. E tudo porque o canal de ciência da revista Business Insider publicou, na semana passada, um vídeo onde explica detalhadamente todos os motivos científicos que levam o pão que tem uma ponta de bolor – por mais pequenina que seja – a ser um perigo real para a sua saúde (neste caso, para a sua e para a minha...).

como-evitar-el-moho-axion.jpg

 

a dieta mais louca do momento: perca 2,5 quilos em três dias a comer só ovos e vinho branco

wine-391674_960_720.jpg

É radical, mas é a cara da minha querida Mulher Mistério e, por isso, não resisto a lançar-lhe aqui o desafio publicamente (juro que ainda não falei com Ela sobre isto...): será que consegues fazer isto para recuperares das loucuras que comeste nas férias?

Eu explico: a revista Vogue publicou em 1977 uma dieta que prometia levar as pessoas a perderem dois quilos e meio em apenas três dias. Se a história acabasse aqui, não teria nada de especial, mas a grande surpresa é que esta dieta – divulgada pela primeira vez, em 1962, no livro Sex and the Single Girl, de Helen Gurley Brown – assentava quase exclusivamente em ovos, vinho e café. E, quando digo vinho, digo UMA garrafa inteira de vinho branco por dia – aberta ao pequeno-almoço e escorropichada ao jantar.

5b227dba9c1b70a1ae98c7411364ae44_225x326.jpg

 

 

3 dicas para amadurecer rapidamente um tomate verde

É provavelmente o alimento mais comido cá em casa no Verão. Comemos em saladas, em wraps, em sanduíches, em massas, com abacate ou simplesmente em cima de uma torrada, de manhã, com azeite, orégãos e flor de sal. O tomate está para o nosso Verão assim como o Bruno de Carvalho está para o Sporting: aparece todos os dias, a toda a hora, em qualquer lugar.

O problema é que, de vez em quando, o tomate aparece verde. E isso não tem nada a ver com o Sporting, tem a ver com o facto de não estar suficientemente maduro. Perante esta hectombe gastronómica, há duas saídas: corre para outro supermercado à procura de um tomate maduro ou segue uma destas três dicas para transformar um tomate duro e desenxabido num fruto saboroso e irresistível. Rapidamente e sem hesitações.

tomatoes-2500835_960_720.jpg

 

 

o bar de harry potter mais espectacular do mundo para umas férias com filhos

32266997_973762529415373_512681922476900352_o.png

"Queridos Pais Mistério,

Serve a presente mensagem para os informar de vários factos relevantes sobre as férias que se aproximam:

1) Os vossos queridos Filhos Mistério estão naquela idade em que já frequentam bares, mas ainda vibram com o Harry Potter.

2) Os vossos queridos Filhos Mistério gostam de passar férias em família (mesmo que isso implique que os pais levem sempre o computador atrás para actualizarem o blog. E o Facebook. E o Instagram. E o email. E passem dois terços das férias a trabalhar).

3) Juntando os dois pontos acima, somos a informar (sic) que gostaríamos de passar umas férias Harry Potter em família. E o que é que isso significa?, perguntam. Significa que gostaríamos de visitar hotéis, atracções, restaurantes e bares inspirados no tema Harry Potter.

4) Para os inspirar, junto segue um bar que descobrimos na net e a que gostávamos de ir. 

 

P. S.: Não se preocupem que tem cocktails sem álcool para os mais novos..."

 

 

os alimentos ideais para comer antes e depois do ginásio

Não é que este post seja para mim, já que gosto tanto de ginásios como do Bruno de Carvalho mas, enfim, sou magnânima e gosto de ajudar as minhas amigas e os meus amigos magros e que se esfalfam no ginásio. Por isso, meus amigos, imprimam este post e levem-no para todo o lado, porque está ao nível dos 10 Mandamentos.

E estou a falar obviamente de alimentos reais, comida propriamente dita, não são cá batidos de proteínas e ingredientes em pó, porque francamente ninguém merece.

smoothie-1427436_1280.jpg

 

 

qual o lado do papel de alumínio que deve ficar em contacto com a comida

Estou pronto. Podem descarregar as barragens de ódio que estão presas por esse Facebook fora que eu estou preparado para tudo. Sim, vou falar de papel de alumínio, esse indigno inimigo público número um de quem defende uma alimentação saudável. É verdade, por vezes eu uso papel de alumínio cá em casa. Mas – o que é que se há-de fazer? – ninguém é perfeito. E, sim, também é verdade, estou empenhado em descobrir qual o lado do papel que deve estar em contacto com a comida: o brilhante ou o baço?

1371606040629.jpeg