mini bar, definitivamente um restaurante onde tem de ir pelo menos uma vez na vida (ou duas… ou três… ou quatro…)

    José Avillez sempre foi uma figura que me indignou profundamente. Não posso aceitar que exista alguém que consiga cozinhar daquela maneira – e especialmente que esse alguém não seja eu. Imagino o que será um fim-de-semana em casa dos Avillezes:  – Oh querido, já estou com uma certa fome. – Não te preocupes, meu amor, dá-me só cinco minutinhos […]