Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

como acabar com as moscas da fruta rapidamente na sua cozinha

Aviso prévio: nenhuma mosca da fruta foi maltratada, ferida ou sequer ofendida durante a realização deste artigo. No entanto, depois da publicação do mesmo, já não respondo por mim!

 

É a maior praga na nossa Cozinha Mistério durante o Verão. As moscas da fruta são aquelas pequenas e irritantes mosquinhas minúsculas que se multiplicam à velocidade a que o Usain Bolt corre os 100 metros. Felizmente, o site Food52 publicou um guia com as formas mais eficazes de acabar com esta verdadeira praga.

Mas, antes de passarmos para as técnicas infalíveis, o melhor é saber...

berries-1546125_960_720.jpg

 

 

como retirar em 30 segundos aqueles autocolantes irritantes que vêm agarrados às loiças novas

Não há coisa mais irritante do que comprarmos um prato ou um copo novo, chegar a casa e tentar tirar o autocolante com o código de barras. São raros os autocolantes que podem ser tirados facilmente.

Ainda ontem, passei quase meia hora numa luta inglória contra um código de barras. O primeiro canto saiu sem dificuldades (o que acontece sempre para me dar uma falsa esperança), mas, mal comecei a puxar o resto, o autocolante rasgou-se, deixando aquele rasto de papel colado que consegue ser ainda pior de tirar. Resultado: quinze minutos a raspar com a unha, mais dez minutos a lavar furiosamente com um esfregão para ver se não ficavam para trás restos de cola. E isto num único prato.

Eu já tentei lavar, já coloquei na máquina, mas nada – não há solução!

Eu só pergunto uma coisa: o que é que passa pela cabeça dos fabricantes de loiças ou pelos donos das lojas para colarem os códigos de barras com Super Cola 3? É tortura? É sadismo? É puro prazer em ver o desespero alheio?

5310ea835e4d80b4e7b30fe62b056f58f49e1a00.png

 

 

duas dicas simples para fazer o gelado mais cremoso de sempre em sua casa

A única maneira de animar uma segunda-feira de trabalho é com fotografias de gelados divinais como estes. Especialmente se puderem ser feitos em casa, rapidamente e com poucos ingredientes.

O principal problema para fazer gelados em casa está na textura. É raro conseguir aquela textura cremosa da Nannarella, não é? Ou do Santini. Ou da Davvero. Aquela consistência única do creme gelado.

Na maior parte das vezes, os gelados feitos em casa ficam cristalizados e nada suaves. Pois bem, é para impedir tragédias dessas que nós estamos aqui. E hoje trago duas das melhores e mais simples dicas para tornar o seu gelado mais cremoso.

Os conselhos são dados, na prestigiada revista Saveur, por um dos mais famosos especialistas em comida e críticos gastronómicos americanos. Max Falkowitz tem aqui outros conselhos para fazer um gelado divinal. Mas estes são os truques milagrosos para tornarem o seu gelado caseiro tão cremoso como um verdadeiro Cornetto Soft.

7BXGIE3DSGMOACCUTODQETKUVQ.jpg

 

o segredo para substituir o açúcar na limonada (e claro que não estamos a falar de adoçante!)

Vamos lá ser honestos: mal chega o Verão, a minha paixão por limonada cresce ao nível da obsessão de Paulo Futre por Porsches amarelos. Não há bebida mais fresca e viciante do que uma fantástica limonada. É fácil de fazer e perfeita para levar para a praia.

Único inconveniente: como o limão é muito ácido, é quase sempre preciso acrescentar açúcar ou um adoçante para tornar a limonada bebível. Repare que eu disse "quase sempre". E não "sempre". E porquê? Porque o imbatível site The Kitchn descobriu uma dica perfeita para evitar o açúcar sem acrescentar mais nada à receita.

0e8bbae999188dad68e9e67c72df60a4.jpg

 

o segredo para fazer o húmus mais cremoso e simples de todos

É de dicas destas que precisamos nas nossas pobres vidas mistério. O húmus está para esta casa assim como o silicone está para o corpo da Pamela Anderson. Já não conseguimos viver sem ele. E especialmente no Verão, quando o petisco liga com o gin tónico como se tivessem nascido um para o outro.

A grande vantagem do húmus é que é saudável e facílimo de fazer. O desafio é deixá-lo cremoso como uma mousse. E, nesse caso, não adianta batê-lo ainda mais no liquidificador. Pode optar por uma solução mais complexa que o obriga a cozer o grão em casa. Ou então seguir este conselho milagroso e facílimo, do fantástico site The Kitchn.

ezgif.com-webp-to-jpg.jpg

 

 

a dica perfeita para fazer os ovos mexidos mais cremosos de sempre

Não, não vou aqui falar de natas, leite ou queijo creme. A dica do famoso cozinheiro americano Alton Brown é fiel aos ingredientes originais de uns divinais ovos mexidos: ovos, sal e gordura.

Mas para esclarecer qualquer dúvida de alguma mente mais desconfiada, vamos aos factos. Uma boa e fiel receita de ovos mexidos é basicamente feita de ovos, sal, pimenta e gordura (manteiga, azeite, óleo ou outra). Uma boa e fiel receita de maionese é basicamente feita de ovo, sal e gordura (azeite ou óleo). Segundo Alton Brown, há ainda mais semelhanças do que imaginamos: "Se os ovos mexidos são essencialmente uma emulsão, por que não melhorar a sua textura com outra emulsão?" Exactamente: com uma colher de chá de maionese!

O resultado são os ovos mexidos mais cremosos de sempre. Muito mais cremosos do que se lhes adicionar natas ou queijo creme. Com a enorme vantagem de que não está a alterar nada no sabor uma vez que a maionese leva os mesmos ingredientes dos ovos mexidos. Brown garante mesmo que "só vai notar a presença da maionese quando a deixar de fora da receita". Mas o melhor é seguir a receita que Brown publicou no seu livro Everyday Cook e que foi aqui partilhada pela revista Parade.

ScrambledEggs_FTR.jpg

 

 

o que são exactamente 100 calorias em frutos secos

É o momento Mário Centeno do dia. Não vou falar de impostos nem de contas para pagar, mas vou falar de contas para não engordar. Se, tal como eu, mal chega a casa, depois do trabalho, a primeira coisa que faz é sentar-se no sofá com uma taça de aperitivos numa mão e uma mini na outra, estas contas são para si – e para a minha querida e obstinada Mulher Mistério.

Na sua senda em busca da dieta perdida, Ela convenceu-se de que não há problema nenhum em comer uma mão cheia de frutos secos antes do jantar. O problema é que há mãos e mãos. E se tiver uma mão como a do LeBron James, o melhor é saber exactamente quantos frutos secos pode comer.

Por isso é que este guia visual, feito pelo fantástico site The Kitchn, é obrigatório para qualquer dieta. O site foi confirmar exactamente quantos frutos secos é que cabem em 100 calorias. E também contabilizou os amendoins que, apesar de serem uma leguminosa, são dos aperitivos mais comuns em qualquer casa. Agora, prepare-se para as surpresas.

7d243b8abf9658e3acc6c223c33c71741a557960.jpeg

100 calorias de amêndoas (tostadas ou cruas) 

= 17 a 18 g 

= 15 a 19 amêndoas 

 

deve guardar a manteiga no frigorífico?

Se fosse a minha querida Mulher Mistério a dar-lhe a resposta, dizia logo: não guarde dentro nem fora? Não guarde manteiga. A sua obsessão pela dieta levou-a a perseguir a manteiga tal como o Lucky Luke persegue os irmãos Dalton.

No entanto, eu não desisto. Adoro manteiga. Saborosa, salgada, cremosa, especialmente a derreter por cima de uma torrada quentinha e estaladiça, logo de manhã. E gosto de espalhar a manteiga tranquilamente, sem fazer buracos no pão ao tentar barrar aqueles blocos de pedra gelados que saem de dentro do frigorífico. 

Por isso, tenho de saber: preciso mesmo de guardar a manteiga no frigorífico para ela não se estragar ou posso mantê-la cá fora, macia e cremosa?

food-3179853_960_720.jpg

 

como evitar que os seus copos fiquem baços na máquina de lavar loiça

Confesse! Não vale a pena negar! É um dos grandes mistérios da Humanidade. Qual Loch Ness, qual Triângulo das Bermudas! O grande mistério dos tempos modernos é os copos a entrarem transparentes e brilhantes na máquina de lavar loiça e a saírem como se fossem aquele vidro fosco do guichet das Finanças.

Pois bem, agora acabaram os mistérios nesta casa. 

b3aadf9c968e046f09ce715edd6b2932ea9d99b3.png

 

como limpar rapidamente o fundo queimado de uma panela (e sem riscar tudo)

Cada vez que vejo a minha querida Mulher Mistério de esfregão de palha de aço em punho, tremo de pânico como se estivesse a entrar na cena do duche do Psycho. Não é que Ela me vá esfaquear – pelo menos, por enquanto... – mas é que já descobri há uns anos que estou casado com uma verdadeira assassina de panelas.

A coisa que lhe dá mais prazer é atirar-se a um tacho ou uma frigideira, de esfregão palha de aço em punho, e riscar todo aquele fundo bonitinho até não restar um único centímetro quadrado em condições mínimas de sobrevivência. Faz isto com tudo – até com frigideiras anti-aderentes. Ela é uma verdadeira panelocida em série! Não há panela que sobreviva nesta casa à fúria da minha querida Mulher Mistério.

E é por isso que esta fantástica dica do site Apartment Therapy pode ser a salvação para todos os meus problemas.

Afinal, não é preciso desfazer o fundo de uma panela cada vez que uns restos de comida ficam agarrados. O site fez mesmo o teste com uma panela totalmente estorricada e gravou tudo em vídeo

eb4262b145f559c113c88834e1e83b89.jpg

 

 

como espremer o sumo de um limão sem ter de o cortar

É o momento Professor Pardal Mistério da semana. Está a ver aquelas mãos besuntadas de sumo? Está a ver o limão a secar no frigorífico porque teve de o cortar só para espremer umas gotas e não precisou do resto? Está a ver o espremedor que tem no fundo do armário? Agora vai acabar com todos esses dramas que preocupam a Humanidade.

E tudo graças ao fabuloso canal de YouTube How to Make Sushi que fez o favor de partilhar com a sociedade esta incrível dica para espremer um limão quase por telepatia. É fácil, prático, não suja nada e demora menos de 30 segundos.

lemons-2245524_960_720.jpg

 

 

o segredo para fazer uma quinoa solta e fofinha

Confesso: não perco uma oportunidade de usar a palavra "fofinha" sempre que posso. Não tenho qualquer obsessão pela Bumba nem me transformei na Cristina Ferreira da blogosfera, é só mesmo porque acho a palavra "fofinha" fofinha. Não sei se percebeu a ideia, mas, se calhar, é melhor não perder mais tempo com esta conversa.

A verdade é que a fronteira entre a quinoa fofinha e a quinoa empapada é tão ténue como o cabelo do Pedro Passos Coelho. E por isso é muito fácil tornar aqueles deliciosos e soltos grãos de quinoa numa argamassa perfeita para colar os tijolos de sua casa. A não ser... 

d4fc553aa34f8086392b5cd44695759b57b5795d.jpeg

 

 

porque é que a massa cozida assim é mais saudável (e boa para a dieta)

Não é só mais saudável, é também mais light. Aliás, segundo uma nutricionista, citada pela prestigiada revista US News, a massa chega até a ajudá-lo a manter-se magro. Isto, claro, se não a encher de natas e se a cozer da forma correcta.

Mas, antes de falarmos da forma mais saudável e dietética de cozinhar a sua massa, deixe-me só citar um estudo que, com tanta citação, já me sinto o Miguel Sousa Tavares do fogão. Cada italiano consome, em média, mais de 22 kg de massa por ano. Em comparação, cada americano consome pouco mais de 7 kg. Não é preciso dizer que os americanos têm um índice de massa corporal que é, em média, mais de 3 pontos superior ao dos italianos, pois não? 

transferir.jpeg

 

 

o truque para nunca deixar os seus ovos mexidos secarem

É um dos grandes dramas da sociedade culinária. Aqueles deliciosos ovos mexidos molhadinhos e cremosos são tão instáveis como o humor do Barbas em dia de jogo do Benfica. Às vezes ficam deliciosos, outras vezes ficam desastrosos: secos, duros e intragáveis.

Há algumas dicas boas para garantir uns ovos molhadinhos e apetitosos, mas quase todas exigem a perícia de um chef Michelin em potência. Quase todas... porque há uma que é facílima de seguir e que lhe garante uns ovos perfeitos. A técnica é da autoria do famoso Jacques Pépin, um chef francês que se tornou quase uma lenda do mundo dos ovos.

Soft-Scrambled-Eggs-4.jpg

 

 

a melhor solução para lavar a louça na máquina quando acaba o detergente

A minha querida Mulher Mistério já conseguiu, por duas vezes, transformar a nossa cozinha na pista de dança do Kiss em noite de festa da espuma. Perante a inevitabilidade da falta de detergente para a máquina de lavar louça, resolveu experimentar colocar detergente para lavar a louça à mão. Resultado: a meio da lavagem, a máquina começou a deitar espuma por todos os lados. O chão da cozinha ficou totalmente coberto de espuma e eu acabei a noite, de esfregona em punho, a tentar que o rio de espuma não chegasse à sala e aos quartos.

Da primeira vez, até se aceitou que a veia de cientista da minha criativa Mulher Mistério nos tenha colocado naquela figura peregrina. Mas, depois da segunda vez, só posso desconfiar que o assunto é sério – Ela acha que aquilo resulta.

É claro que eu passei as minhas últimas semanas à procura de uma solução que a leve a abandonar a ideia da espuma. E agora, finalmente, encontrei-a: o vinagre. Já tinha lido várias dicas sobre o assunto na Internet, mas agora finalmente chegou um artigo de uma jornalista do prestigiado site Apartment Therapy a confirmar a tese.

bb17110ac197160b1fac7681da61eb54.jpg