Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

omelete com queijo, bacon, abacate e… o melhor mesmo é ler até ao fim

Vamos ser sinceros: chamar omelete a esta incrível receita do blog Half Baked Harvest é no mínimo redutor. Esta receita eleva a simples omelete a todo um outro patamar da gastronomia. Estou a falar de uma omelete que inclui tomate seco, bacon, abacate e queijo gruyère. Merece claramente o pódio das omeletes. Demora 20 minutos a fazer e, na minha modesta opinião, é boa demais para ser verdade.

Para fazer esta maravilha, precisa de ovos, sal e pimenta, cebolinho picado, manteiga, tomate seco, queijo gruyère ralado, duas fatias de pão integral tostadas, milho tostado, um abacate fatiado, fatias de bacon tostadas e rúcula. Para o molho, precisa de tahine, azeite, sumo de um limão, coentros, manjericão e sal. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Simple-California-Style-Omelet-5.jpg

 

 

omelete com queijo creme e abacate, o pequeno-almoço ideal para uma dieta sem hidratos

Pode ser um pequeno-almoço, um almoço ou um jantar. Omeletes é quando um homem ou uma mulher quiser. E sabem sempre bem a qualquer refeição. Mas se comer ao pequeno-almoço não vai ter fome até à hora de almoço, o que ajuda bastante para quem quiser perder peso.

Para fazer esta receita sem glúten do blog Dolly and Oatmeal, vai precisar de azeite exta-virgem, vinagre balsâmico, microgreens, rúcula ou espinafres, sal e pimenta preta moída, ovos, queijo creme, meio abacate maduro e cebolinho picado. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

Breakfast+For+Dinner_+_Cream+Cheese_+Omelettes+w_+

 

 

omelete doce, um pequeno-almoço delicioso com apenas 189 calorias (e esta, hein?)

Pronto. Voltei à minha infância. Estou farta de contar ao meu querido Marido Mistério que uma das minhas memórias preferidas de criança era o pequeno-almoço que a minha avó me levava à cama: ovos mexidos com açúcar. É maravilhoso. É de génio, mesmo. O meu querido Marido Mistério e o nosso filho com vocação para chef olham-me com um enorme desprezo cada vez que eu recordo esta maravilhosa e doce memória. Agora descobri alguém que me compreende: a autora do blog Imagelicious que fez esta incrível receita que vou ter mesmo de experimentar.

Demora 13 minutos a fazer (3 a preparar e 10 a cozinhar) e para tudo: só tem 189 calorias. Pois é. E esta, hein?

Só vou precisar de ovos, leite, açúcar, farinha (pode usar sem glúten, se preferir) e óleo de coco. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

sweet-omelet-4.jpg

 

 

omelete para fazer num frasco em 6 minutos no micro-ondas

Esta receita do blog Eating Richly é ideal para aqueles dias de semana em que está com pressa e lhe apetece um pequeno-almoço quente para ir comendo pelo caminho. O ideal é dividir a receita por dois frascos porque é mais rápido para aquecer no micro-ondas do que um frasco maior. A mim, basta-me um frasco, mas cada um sabe de si.

Só precisa de azeite, ovos, sal e pimenta, salsa, fiambre picado, queijo ralado (pode ser qualquer um, desde que derreta) e tomates cherry cortados ao meio. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 frascos, espreite aqui a receita original.

microwave-omelette-in-a-jar-3172-800x533.jpg

 

 

omelete doce com canela e redução de frutos vermelhos (sim, leu bem: é doce e deliciosa)

Uma das memórias da minha infância era um incrível pequeno-almoço que a minha avó me levava à cama: ovos mexidos com… açúcar. Era tão boooomm. A sério: ovos e açúcar são uma incrível e surpreendente combinação. Eu adorava. Depois cresci, fui bombardeada com todos os males que o açúcar faz ao nosso organismo e essa tradição passou a ser uma longínqua recordação algures perdida na minha memória. Só que, entretanto, descobri esta receita no blog Nourish Everyday e desde então todo aquele sabor voltou às minhas insaciáveis papilas gustativas e ainda não desapareceu. Por isso, vou ter de fazer esta receita: uma omelete doce? Só pode ser divinal.

Demora 15 minutos e é muito fácil de fazer. Só vou precisar de ovos, leite, canela em pó, xarope de ácer, frutos vermelhos congelados, iogurte grego natural ou iogurte de coco, granola e azeite, manteiga ou óleo de coco para fazer a omelete.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para uma omelete, espreite aqui a receita original.

Sweet-Cinnamon-Omelette-3A.jpg

 

vídeo: sabe qual é o truque para fazer a omelete mais leve e fofinha de sempre?

 

DSC00019bx.jpg

Eu sei, pareço a Luciana Abreu a falar, mas esta omelete é digna de palavras como "fofinha", "levezinha" ou "queridinha". Já imaginou uma omelete que é arraçada de soufflé? É isso mesmo que está a imaginar: alta, espadaúda, leve e fofinha. Tudo num só prato. O segredo está nas claras batidas em castelo. São elas que lhe vão dar muito mais volume e aquela consistência leve e insuflada tipo algodão.

Depois só tem de envolver as claras nas gemas, com cuidado para não perder o volume, e fritar numa frigideira com manteiga. Junte queijo ralado a derreter por cima, cebolinho picado e já está. É toda uma nova dimensão. Mas o melhor é ver o vídeo aqui em baixo.

 

O truque para fazer a omelete mais alta e fofinha de sempre

O segredo está nas claras batidas em castelo. Veja aqui como fica esta maravilha. Receita completa: https://goo.gl/UPEX67 #brinner #ovos #casalmisterio

Publicado por Casal Mistério em Domingo, 29 de Julho de 2018

 

o jantar ideal para um dia de preguiça: ovos com queijo e presunto para fazer em 10 minutos no microondas

Primeiro, vamos aos números que o espírito do Mário Centeno acabou de descer sobre este corpo faminto: 10 minutos de preparação, 1 minuto a cozinhar, menos de 1 euro de despesas. É provavelmente o jantar mais poupadinho do ano – e é por isso que é perfeito para uma segunda-feira, quando uma preocupante sensação de preguiça toma conta de nós.

Esta fabulosa e ultra-simples receita é do não menos fabuloso blog Budget Bytes, uma espécie de Tio Patinhas da culinária contemporânea. Basicamente é um site que reúne as mais baratas e simples receitas que o planeta já viu. E melhor: quase todas são divinais.

Estes ovos com queijo e fiambre (que eu vou transformar de forma ligeiramente mais esbanjadora nuns ovos com queijo e presunto) custam a módica quantia de 98 cêntimos a preços americanos, o que dará qualquer coisa como 79 cêntimos de euro (isto sem contar com a adaptação para presunto).

Tudo o que vou precisar é de ovos, manteiga, queijo cheddar ralado, cebola picada, pimentos picados e presunto (ou fiambre) picado. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Make-Ahead-Microwave-Breakfast-Scrambles-H1.jpg

 

como aproveitar os restos da véspera para fazer um brinner fácil e delicioso

Não há coisa que me deixe mais doente do que desperdiçar comida. Especialmente quando é tão fácil transformar uns desenxabidos restos do almoço do dia anterior num faustoso jantar do dia seguinte. E é isso que vou fazer hoje para o nosso Jantar Mistério.

Ontem à noite, qual pai extremoso, preparei uma divinal quinoa para o meu estudioso e empenhado Filho Mistério levar para a universidade. É claro que, com a cabeça tão focada de um jovem adolescente, ele se esqueceu da quinoa em casa e acabou a almoçar um galão e um copo de água no bar. Pois bem, graças a uma divinal receita do site Food52, a quinoa de ontem vai virar a frittata de hoje. E o que é uma frittata? É uma das melhores soluções para um brinner, essa fabulosa invenção que é meio brunch, meio jantar.

O melhor desta receita é que os únicos ingredientes obrigatórios são ovos e queijo. Tudo o resto é o que lhe sobrou do almoço do dia anterior. A receita original do Food52 usa farro (eu vou usar quinoa), brócolos cortados fininhos, queijo cheddar, ovos, natas, molho harissa (ou outro molho picante de que goste) e cebolinho. Para temperar, só precisa de misturar sumo de limão espremido no momento, mostarda de Dijon, azeite, flor de sal e pimenta preta para fazer um vinagrete. As quantidades certas de cada ingrediente estão aqui.

55b17c8e-cc2c-4272-8f99-ca1c418e81aa--2018-0328_farro-salad-frittata_3x2_ty-mecham_022.jpg

 

omelete com abacate e queijo creme, o brunch ideal para um dia como hoje

Sexta-feira Santa é, para os católicos, um dia de jejum, em que não se come carne e deve-se fazer apenas uma refeição e dois lanches. Mas isto cada um sabe de si e, no meu caso, deveria ser Sexta-feira Santa todos os dias porque era da maneira que eu ficava magra e gira. Assim, sou só gira. Estou a brincar. Nem gira sou. Por acaso, sou mesmo… E agora? Vai ficar na dúvida: será que a Ela é um camafeu? Pois é… Enfim, tudo isto para dizer que hoje o ideal mesmo é fazer um brunch reforçado e rezar para que este dia passe depressa para enchermos o bandulho no Sábado de Aleluia. E esta ótima e light omelete que descobri no blog Dolly and Oatmeal vai ser o nosso brunch de hoje.

O meu querido Marido Mistério só vai precisar de azeite extra-virgem, vinagre balsâmico, espinafres baby ou rúcula, sal e pimenta preta, ovos, queijo creme, meio abacate maduro, microgreens e cebolinho picado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para fazer 2 omeletes, espreite aqui a receita original.

1 (17).jpg

 

 

como fazer a omelete perfeita segundo um dos melhores chefs franceses

Acha que é simples? Que é abrir uns ovos para dentro de uma frigideira, esperar um bocadinho e já está? Por amor da santa! A cozinha é uma ciência e a omelete merece uma verdadeira tese de doutoramento. 

Vamos lá às controvérsias: costuma bater os ovos com uma batedeira antes de os colocar na frigideira? Hmmm... Usa azeite como gordura? Hmmmm.... Não mexe em nada enquanto a omelete está a cozinhar? Hmmmmm... Usa uma frigideira normal? Hmmmmmm...

Não vale a pena continuar aqui com as perguntas e com os gemidos desconfiados. O melhor é passar directamente para as respostas. E essas são dadas por Jacques Pépin, um dos melhores cozinheiros do planeta. Além de ser francês, Pépin foi o chef pessoal de três Presidentes da República, entre os quais Charles de Gaulle, e é uma das maiores referências da cozinha americana, país para onde foi viver em 1959. Para Anthony Bourdain, "se Pépin diz que é assim que se faz, então o assunto está arrumado".

Jacques Pépin ensina, neste vídeo, a fazer dois tipos de omelete francesa: a omelete típica do campo e a omelete clássica. Eu cá prefiro a omelete campestre: além de ser menos lisinha, é feita com a manteiga acastanhada, o que lhe dá um toque tostado maravilhoso. Quer aprender?

omelete.jpg

 

5 pequenos-almoços saudáveis com menos de 300 calorias

Cá em casa o ambiente está tão tenso como na península da Coreia. A minha querida Mulher Mistério não tem armas nucleares, mas tem o mesmo tom autoritário do Kim Jong-un. Felizmente, em vez de lhe dar para a guerra, o autoritarismo deu-lhe para a dieta.

Desde que acabou o mês de Agosto que Ela proibiu os pequenos-almoços calóricos nesta casa. A partir de agora, e até "novas ordens em contrário" – é uma citação textual da mensagem de WhatsApp Dela –, não há pequeno-almoço com mais de 300 calorias nas redondezas. Eu ainda pensei em contestar, mas antes que Ela imponha o penteado do Kim Jong-un a toda a Família Mistério, acho melhor acalmar os ânimos. E como é que faço isso? Com receitas light. Para já, estes são os primeiros pequenos-almoços sub-300 que vamos fazer.

 

Omelete de claras com tomate, abacate e morango

258 calorias

18992124_pyO8N.jpeg

O segredo desta receita do site Buzzfeed está nas três claras. Nesta omelete não entram gemas e é isso que lhe permite apresentar-se aqui com umas orgulhosas 258 calorias. Além disso, ainda leva 1/4 de um abacate cortado em pedaços, tomatinhos chucha e morangos. Para lhe dar sabor, acrescente coentros, sumo de lima e uma pitada de flor de sal. 

O resultado é um pequeno-almoço leve mas que o vai alimentar até à hora do almoço. A receita completa está aqui.

 

 

um almoço saudável para fazer em 20 minutos: omelete de queijo de cabra, cogumelos e abacate

Estou seriamente a pensar em começar uma criação de galinhas na Mansão Mistério. Ao ritmo que os ovos desaparecem cá em casa, é capaz de compensar! Os nossos filhos devoram ovos ao pequeno-almoço, ao almoço e, se eu deixasse, ao jantar, o meu querido Marido Mistério também é um consumidor compulsivo de ovos e eu sou uma consumidora compulsiva de tudo. Não resisto, por exemplo, a uma boa omelete recheada. É um facto. E esta receita do blog Cooking and Beer tem alguns dos meus ingredientes preferidos, como queijo de cabra e cogumelos e, por isso, vai ser o meu almoço de hoje.

Demora 20 minutos a preparar e só preciso de azeite, cogumelos fatiados, sal, pimenta, ovos, espinafres baby, queijo de cabra esmagado, um abacate maduro cortado em cubos e salsa fresca picada.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 1 pessoa, espreite aqui a receita original.

mushroomomelet.jpg

 

 

omelete de 3 queijos hiper-mega-super fofinha para começar o seu fim de semana em grande

Sou, sempre fui e serei viciada em queijo. Adoro todos. Ainda não descobri um que não gostasse. Claro que há uns mais desenxabidos do que outros mas, regra geral, não posso ver um queijo à minha frente porque só paro de comer quando resta um prato vazio em cima da mesa… E como o meu querido Marido Mistério é igual a mim, desgraça-me todas as noites.

Passa uma alma o dia inteiro em dieta rigorosa, cheia de orgulho em si própria, resiste aos hidratos de carbono e a mil tentações até à hora do jantar enquanto vê os filhos a deliciarem-se, e depois sentamo-nos à frente da televisão para ver uma série e, invariavelmente, lá me aparece aquele senhor que faz o favor de ser meu marido com um prato de queijos numa mão e um copo de vinho na outra.

- É só para acamar - tem a lata de me dizer.

Eu faço uma tromba até ao chão, reviro os olhos e Ele insiste:

- Achas que é um copo de vinho que te vai estragar a dieta? Tens é de te controlar.

Fico doente. Será que ao fim de uma eternidade de casamento, o iluminado ainda não percebeu que eu não sou uma pessoa com autocontrolo?

Até parece que me está a testar. E o pior é que eu chumbo sempre. Ao fim de um minuto, estou a beber do copo dele e a atacar os queijos com uma sofreguidão que não há explicação.

Todo este desabafo foi para justificar porque é que hoje o meu brunch vai ser esta espetacular e super fofinha omelete recheada, não com um, nem com dois, mas com três queijos diferentes, da incrível Donna Hay. Não vou aguentar. É irresistível!

Só vou precisar de queijo mascarpone, cebolinho picado, ovos, natas, sal e pimenta preta, manteiga, queijo cheddar ralado e parmesão ralado.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

puffed-cheese-omelette.jpg

 

 

soufflé de omelete de espargos com recheio de ricotta, o meu almoço saudável de hoje

Ui, que alegria! É tão bom descobrir receitas boas permitidas pela ditadura da minha dieta…

E, de facto, a inigualável Donna Hay nunca me falha! Esta omelete insuflada é tudo o que me apetece hoje ao almoço. Primeiro porque adoro ovos, segundo porque gosto mais ainda de ricotta e espargos e terceiro porque não engorda (muito, vá!).

Só preciso de ovos (claras e gemas separadas), natas, sal e pimenta preta, azeite extra-virgem, espargos laminados com um descascador de legumes, ricotta fresca, parmesão ralado e folhas de azeda para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.

asparagus_and_ricotta_souffle_omelette.jpg

 

omelete grega de quinoa com queijo feta e molho tzatziki, um brunch de sonho para este domingo

Tenho de fazer uma confissão em público: há dias em que me vejo grega para aturar o meu querido Marido Mistério. E nesses dias de sofrimento doloroso e profundo, nada melhor do que fazer uma omelete grega para o pequeno-almoço, para o almoço ou para o jantar – ou, para os três, se for preciso.

Esta fantástica receita descobri-a há uns tempos no ainda mais fantástico blog Half Baked Harvest, de que eu gosto quase tanto como do meu querido Marido Mistério – nãaaa, é mentira claro. Adoro o meu querido Marido Mistério. Mas se o puder ter a ele e a esta omelete, então cheguei ao paraíso.

Esta delícia consegue misturar queijo feta, quinoa e molho tzatziki. Depois leva tudo o que eu adoro: tomate seco, pimento assado, alcachofras marinadas, azeitonas e pinhões. Além dos ovos, claro.

Pode comprar o molho tzatziki já pronto, no supermercado, ou pode fazê-lo em casa. Se quiser fazê-lo, vai precisar de iogurte grego, pepino picado, sem pele e sem sementes, alho picado, endro seco, óregãos secos, sumo de limão fresco e azeite extra-virgem.

Depois, para a omelete vai precisar de ovos, leite, manteiga, quinoa cozinhada, espinafres frescos cortados, azeitonas sem caroço e partidas ao meio, pimento assado picado, corações de alcachofra picados, tomate seco em azeite, alho picado, óregãos, manjericão seco, queijo feita esmagado, pinhões tostados, tomatinhos cherry, abacate, flor de sal e pimenta. Parece que tem de comprar o supermercado inteiro, não é? Mas garanto-lhe que é uma delícia. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Greek-Quinoa-Dinner-Omelets-with-Feta-and-Tzatziki