Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

peitos de frango com molho de limão e mel para fazer em apenas 12 minutos

Entre trabalho, compras de presentes, decorações e preparação das refeições de Natal (sim, mesmo para o Natal em casa dos avós eu tenho de levar comida...), o mês de Dezembro é sempre caótico para mim. Chego a casa tarde, estafado e sem tempo para fazer o jantar. E, no entanto, parece que nesta época cai um espírito gourmet por cima da minha querida Família Mistério: subitamente todos querem pratos especiais, requintados e surpreendentes.

Hoje, ainda de manhã, recebi um WhatsApp do meu filho mais novo:

– Pai, o que é o jantar?

– A esta hora?! Sei lá!

– É que estamos na época do Natal, apetecia-me comer bem! Alguma coisa especial...

Eu vou repetir, para o caso de não ter percebido bem! O meu Mini-Misterioso, do alto da sua adolescência precoce, quer "alguma coisa especial"! Apetece-lhe "comer bem"!

Mas que mal fiz eu ao Mundo para viver rodeado de pequenos sósias do Ferran Adriá? 

O problema é que, depois de me irritar, pesquiso. E acabo sempre por encontrar pratos requintados e fáceis de preparar. É o caso destes fantásticos peitos de frango com molho de limão e mel, do blog Recipe Tin Eats.  Além de demorarem uns escanzelados 12 minutos a preparar, são facílimos de fazer.

Honey-Lemon-Chicken_2-680x1018.jpg

 

peitos de frango com quinoa e molho de queijo para sujar apenas uma panela

É um pequeno passo para o Homem, um salto gigante para o seu jantar. Se uns peitos de frango com molho de queijo já fazem a alegria de qualquer casa, então imagine acrescentar-lhes uma quinoa molhadinha no meio e uns bouquets de brócolos crocantes para acompanhar.

Já imaginou? Então agora marque num papel: 30 minutos para cozinhar e uma panela para lavar. É tudo o que precisa para esta maravilhosa receita do fantástico blog Cooking Classy.

Além, claro, dos ingredientes: peitos de frango cortados em cubos, cebola picada, azeite, alho picado, caldo de galinha, quinoa, tomilho, brócolos cortados em bouquets pequeninos e queijo cheddar ralado. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

one-pan-cheesy-chicken-broccoli-and-quinoa-crop..j

 

 

peitos de frango com molho de queijo parmesão para fazer em apenas 20 minutos

É uma das poucas vantagens destes dias de frio e chuva: podermos comer pratos recheados de deliciosos e quentinhos molhos sem sermos olhados de lado por alguém que passa os seus dias a contar as calorias que os outros ingerem. (Por favor, minha querida Mulher Mistério, não me interpretes mal: longe de mim estar a pensar em ti enquanto faço este desabafo...)

Esta receita do fantástico blog Gimme Delicious é perfeita para me aquecer a alma e me secar os pés depois da molha que apanhei de manhã. Ainda por cima, prepara-se em apenas 20 minutos que é quase o mesmo tempo que demora a fazer um chazinho.

Tudo o que vou precisar é de quatro peitos de frango, alho picado, natas light, orégãos, queijo parmesão ralado e espinafres baby picados. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

creamy-parmesan-garlic-chicken4.jpg

 

 

o jantar ideal para dias de preguiça: peitos de frango salteados com molho de soja e mel

Hoje é um daqueles dias em que só me apetece chegar a casa e comer. E, para dias como este, recorro sempre à minha preciosa biblioteca de receitas para fazer em menos de 30 minutos. Hoje vou preparar uns fabulosos peitos de frango do ainda mais fabuloso site The Kitchn. São salteados com legumes num wok e levam um surpreendente e facílimo molho de soja e mel.

Para fazer esta bênção do mundo da facilidade, vou precisar de peitos de frango cortados em cubos, alho laminado, brócolos partidos em pedacinhos, pimentos às tiras, courgette em cubos e cebolo (ou cebolinho) laminado. Para o molho, preciso de mais alho picado, caldo de galinha (ou água), molho de soja, mel, óleo de sésamo e uma colher de chá de amido de milho. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

88ff7fdd75d54199d43c6076c2ca9c646e68cdc8.jpeg

 

como fazer um cordon bleu fácil e saudável para um jantar especial

DSC09503.jpg

Fazer um jantar com um nome francês é quase tão chique como comprar um vestido de lantejoulas igual ao da Lili Caneças. E como sábado é dia de nos aperaltarmos, eu tive de optar: entre receita francesa e vestido de lantejoulas, ainda hesitei, mas acabei por ficar pela francesice. E por isso vou preparar um fabuloso cordon bleu saudável. Leva peitos de frango (bem mais light do que carne de porco) e tem uma cobertura feita de flocos de aveia em vez de pão ralado. Para acabar em beleza, é cozinhado no forno em vez de frito em óleo.

Para além de ser muito mais dietético do que a receita original, este cordon bleu tem a enorme vantagem de não nos deixar a casa a cheirar a uma fábrica de rissóis em hora de ponta. E tudo o que precisa de fazer para aprender a fazer esta delícia é ver este vídeo de 50 segundos.

 

 

o jantar ideal para acalmar o bruno de carvalho: frango com cajus e manga para fazer em 20 minutos

Caro Bruno,

Foi com alguma preocupação que te vi a levantar do banco, no estádio de Alvalade, com a destreza de um jovem de 115 anos, enquanto os jogadores do Sporting recebiam os aplausos do público. Essa tua relação intensa com o Facebook está a dar-te cabo da zona lombar. Não pode ser. Tens de relaxar. Experimenta usar o Instagram ou o Snapchat durante uns dias, só para ver se alivias os níveis de stress. Pode ser que resulte...

Entretanto, tenta também mudar a alimentação. Há algumas comidas que ajudam a acalmar e, ainda por cima, fazem-te perder peso, o que, na tua idade, não era nada mal pensado – e sempre aliviava a lombar.

Para hoje, podes fazer esta receita do blog Half Baked Harvest para o teu jantar. Além de só demorar 20 minutinhos a preparar – o que é bom para não te deixar muito tempo em pé –, leva cajus, alho e molho de ostra, três alimentos essenciais para reduzir essa tensão que te está a deixar mais curvado do que o Corcunda de Notre-Dame. 

Além dos cajus, do alho e do molho de ostra, vais precisar ainda de peitos de frango, molho de soja, óleo de sésamo, gengibre ralado, manjericão fresco e manga cortada às fatias. Também leva um pimento jalapeño, mas picante é tudo o que tu não precisas de comer nos dias que correm. Experimenta substituí-lo por espargos que são ricos em ácido fólico, o que te vai deixar mais zen do que a Alexandra Solnado. Para saberes as quantidades certas que deves usar de cada ingrediente, consulta aqui a receita original.

20-Minute-Basil-Cashew-Chicken-1.jpg

 

frango marinado em molho de soja, um jantar light para fazer em apenas 20 minutos

Desde que descobri o frango marinado com molho de soja que a minha vida se transformou na Feira Popular em noite de farturas. Já não há cá lamentos nem lamúrias. Agora as segundas-feiras são uma verdadeira animação. E fazer o jantar é um prazer quase tão grande como beber um gin tónico numa praia das Maldivas.

Ok, pode haver aqui um ligeiríssimo exagero nesta minha comparação, mas a verdade é que uma simples marinada de soja atira uns banais peitos de frango para a estratosfera da culinária.

Hoje vou fazer para o jantar uma incrível receita do não menos incrível blog Gimme Some Oven ao qual recorro sempre que tenho uma crise de inspiração. Tudo o que preciso é de peitos de frango sem pele cortados em cubos, manjericão, óleo de amendoim, cebola roxa cortada às fatias, um pimento encarnado em tiras, uma cabeça de brócolos cortada em pequenos pedaços e alho picado. Para fazer a marinada de soja, vou precisar de molho de soja, molho de peixe e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Thai-Basil-Chicken-Recipe-2.jpg

 

 

serão estes os melhores peitos de frango de sempre? com molho de queijo e tudo...

Quando uma receita consegue juntar peitos de frango com uma fotografia assim, deixa-me num estado de excitação que pareço o Gelson Martins cada vez que pensa no Ruben Semedo. Ainda ponderei despir a camisola, mas achei mais prudente vestir o avental. E dirigir-me energicamente para a cozinha para fazer este fabuloso jantar do divinal blog Recipes Worth Repeating.

Tudo o que preciso para preparar esta maravilha é de peitos de frango sem pele, paprika, manteiga, alho, caldo de galinha, natas, vinho branco, parmesão ralado, sumo de limão espremido no momento, tomilho e espinafres baby. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Lemon-Chicken-Hero.jpg

 

as receitas mais populares do ano, na internet

É o top anual mais aguardado nesta casa. Todos os anos juntamo-nos para cozinhar em família a receita mais pesquisada no Google. É uma tradição como outra qualquer. Podíamos vibrar com o Top Mais, mas vibramos com o Top de Receitas. 

Esta semana, o Google divulgou os seus tops de pesquisas a nível mundial. E estas foram as receitas mais procuradas pelas pessoas de todo mundo. Por isso, Filhos Mistério, lamento mas hoje vamos comer...

 

1. Peitos de frango

IMG_9855edit.jpg

É verdade. Eu percebo a desilusão dos meus queridos Filhos Mistério ao lerem a receita vencedora. Eu sei que comemos peitos de frango várias vezes por semana cá em casa. Mas, como vêem, é uma tendência internacional. E vocês gostam de andar na crista da onda, não gostam? 

Os peitos de frango destronaram a caçarola de feijão verde, a receita mais pesquisada em 2016, nos Estados Unidos (no ano passado, não houve top mundial para receitas). Apesar de tudo, acho que os meus queridos Mini-Misteriosos sempre preferem uns peitos de frango a uma caçarola de feijão verde.

Quer uma sugestão para fazer hoje à noite? Então veja lá estes peitos de frango com molho de queijo feta e manjericão.

 

hoje é dia de jantar fácil, rápido e delicioso: peitos de frango recheados com queijo e espinafres

É o preço a pagar pelo blog. Cá em casa, as crianças juntaram-se numa revolta sub-18 contra os jantares básicos demais. Ontem estava tranquilamente a preparar-me para fazer uns peitos de frango simplesmente temperados com flor de sal, pimenta e alho quando fui recebido com a mesma simpatia com que o Luís Filipe Vieira foi acolhido no estádio do Dragão:

– Não estou a perceber: mas nós não somos filhos do Casal Mistério?!

– E vamos comer uns peitos de frango sem mais nada?!

– Ontem já comemos hambúrgueres!

– Sim, queremos uma receita daquelas especiais do blog!

Quatro bocas a comer são quatro bocas a protestar. E eu tive de me recolher discretamente para não ser linchado na cozinha. Guardei os peitos de frango no frigorífico, fiz umas panquecas com legumes e ovos escalfados e fiquei de arranjar para hoje uma solução digna do Casal Mistério. E nova, porque os pequenos gremlins não se contentam com pouco.

Pois bem, qual pai cumpridor, aqui estou eu com a solução milagrosa para acabar com a revolta caseira. Vou rechear os peitos de frango com um fabuloso creme de queijo e espinafres. Facílimo de fazer, claro, que as segundas-feiras não estão para grandes aventuras. A receita é do fantástico site The Kitchn e só leva seis simples ingredientes.

Tudo o que vou precisar é dos peitos de frango, espinafres congelados, queijo creme, queijo mozzarella ralado, alho picado e cebola picada. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, veja a receita original aqui.

0fee0401ab5a170877b28760d51abcded73977ca.jpeg

 

 

por dentro estão uns peitos de frango, por fora uma deliciosa quinoa com queijo: o quê, ainda não viu esta receita em vídeo?

IMG98852.jpg

Parecem bifes de frango panados, mas não são. Em vez de fritos, são feitos no forno. E em vez de pão ralado, levam uma cobertura de quinoa. Sim, quinoa cozida que se vai tornar crocante depois de ir ao forno. Para finalizar, ainda levam um divinal queijo derretido por cima.

Confesso que estou tão entusiasmado quanto o José Castelo Branco cada vez que vê umas plumas à frente. Este jantar arrisca-se a tornar-se o jantar preferido da Família Mistério a um dia de semana. É fácil, rápido e surpreendente. Melhor: para aprender a fazer esta delícia, só precisa de ver este vídeo de um minuto aqui em baixo. Agora diga lá: que mais é que uma pessoa podia querer a uma segunda-feira à tarde?

 

 

peitos de frango recheados com espargos e queijo, o jantar perfeito contra o mau humor de segunda-feira

É oficial: um estudo científico divulgado esta semana provou que a segunda-feira é o pior dia da semana. Eu acho que não precisava desta investigação, da Universidade do Vermont, nos Estados Unidos, que se deu ao trabalho de analisar 50 milhões de tweets por cada dia da semana, para chegar à mesma conclusão que toda a gente já chegou há décadas: as segundas-feiras são um dia de mau humor. Péssimo humor! Terrível humor!

Segundo os resultados desta análise das mensagens enviadas por toda a gente através do Twitter, o humor está no fundo do poço à segunda-feira. Depois, vai crescendo lentamente à medida que a semana avança até atingir o seu pico ao sábado. Ao domingo, cai ligeiramente e à segunda há uma hecatombe que nos atira para o nível de estado de espírito do José Sócrates cada vez que vê um polícia à frente.

E é exactamente para melhorar o meu habitual humor de segunda-feira que hoje guardei para o jantar uma receita fácil, deliciosa e cheia de queijo derretido a escorrer, do delicioso blog I Wash, You Dry.

Trata-se de uns fantásticos peitos de frango recheados com espargos e queijo que só levam seis simples ingredientes. Além dos peitos de frango, dos espargos e do queijo, vou precisar de paprika, raspas de limão e alho em pó (só por não precisar de cortar o alho, já estou a pressentir o humor de terça a chegar). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Asparagus-Stuffed-Chicken-7-copy.jpg

 

está farto de comer peitos de frango ao jantar? então, é porque ainda não viu esta receita

– Oh, paaaaaaaaaaaai! (a repetição de "a" não é exagero, os meus queridos Filhos Mistério conseguem ser bastante arrastados a dizer a palavra "pai" quando têm alguma reclamação a apresentar) Frango, outra vez?! Os leitores do blog, por acaso, sabem quantas vezes por semana é que nós comemos frango nesta casa?

– Sim, sabem. E compreendem-me: porque também chegam a casa estafados, às oito da noite, por isso não têm propriamente tempo para fazer o Bife Wellington que vossas excelências gostariam de comer.

Confesso que estamos a chegar ao limite nesta casa. O frango é fácil e rápido de fazer, mas está a começar a deixar os Mini-Misteriosos à beira do golpe de Estado. E eu serei o líder deposto. Por isso, hoje tenho de inovar. O que vale é que a conversa me deu uma óptima ideia: e se fizesse mesmo um Bife Wellington? (Com frango, claro, que a economia pode estar a crescer, mas o bife do lombo ainda não chegou a esta casa...)

A receita é do fantástico blog Damn Delicious e não é um Bife Wellington puro. Leva uma cobertura de massa folhada, mas depois leva uma mistura de queijo no interior que torna tudo ainda mais delicioso. Grande vantagem: só demora meia-hora a preparar.

Tudo o que precisa é de peitos de frango já cozinhados (se for os restos da véspera, melhor), massa folhada, brócolos partidos em pedaços, queijo cheddar ralado (ou outro queijo de que goste mais – eu acho que vou usar Queijo da Ilha), natas azedas, maionese e alho em pó. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

59b969b4190000250056392f.jpeg

 

 

crepes de frango no forno para preparar em apenas 15 minutos: serão estes os crepes mais fáceis de sempre?

Segunda-feira é provavelmente o dia mais difícil da semana. E não estou a falar só da semana do Rui Vitória depois de jogar contra o Boavista. Não. Segunda-feira é aquele dia de sacrifício em que contamos penosamente as horas até à próxima sexta-feira. Em que nos arrastamos pesadamente pelo escritório a imaginar o próximo gin tónico à beira-rio. Em que entramos em casa directamente para o sofá. Em que somos capazes de subornar o filho mais velho para ele nos fazer o jantar. 

Segunda-feira devia ser sumariamente abolida do calendário. Em vez de acabar com feriados, o país devia acabar definitivamente com a segunda-feira.

Mas enquanto isso não acontece, não me resta outra alternativa senão encontrar um jantar tão fácil de preparar que me faça passar pela cozinha como um verdadeiro Speedy González.

Hoje tenho uma fantástica receita do blog Recipe Tin Eats que só me vai obrigar a estar 15 minutos de avental à cintura. Trata-se de uns fantásticos crepes de frango feitos com tortillas prontas em vez de uma massa demorada. Além disso, levam frango desfiado que pode ser aproveitado dos restos do fim-de-semana. Mas o melhor é ver a lista dos ingredientes.

crepes.jpg

 

 

como fazer uns peitos de frango com arroz e salada e só sujar um pirex: a receita ideal para uma segunda-feira à noite

Ponha a tocar a Marcha Fúnebre. Hoje é segunda-feira e ainda faltam 100 longas horas de espera até ao fim-de-semana (isto se tiver a sorte de sair na sexta às cinco da tarde). É verdade: estou com o humor do João Galamba quando olha para alguém de fato e gravata. E, por isso, preciso de um jantar tão rápido como o Usain Bolt e tão fácil como as concorrentes do Love on Top.

Esta estrondosa receita do blog Bev Cooks consegue ser tudo isso e ainda saudável e perfeita para uma família numerosa como a nossa. São uns peitos de frango acompanhados com uma salada grega e um fantástico arroz jasmim. Mas a grande novidade é que é tudo feito e servido dentro de um simples e solitário pirex. Ao mesmo tempo. Sem panelas para mexer nem temperaturas para controlar. Liga o forno, põe a travessa lá dentro e pode ir à sua vida. 45 minutos depois, o jantar está na mesa.

Para fazer esta tentação, só precisa dos habituais peitos de frango (que estão para os jantares de segunda-feira assim como o Marques Mendes está para as noites de domingo), arroz jasmim, caldo de galinha, tomilho, orégãos, cebola em pó, alho em pó (peço desculpa, mas à segunda-feira à noite não há tempo para cortar alho e cebola), queijo feta, tomatinhos cherry cortados ao meio, pepino em cubos, azeitonas, salsa e um limão para espremer. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

greek2-2.jpg