Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

este húmus de ervilhas é uma das melhores receitas da estrela do masterchef austrália

pea-pepita-and-spinach-hummus-90130-2.jpg

Primeiro, vamos à pergunta mais importante do dia: qual é o seu apresentador preferido no MasterChef Austrália?

Eu cá não tenho a mais pequena dúvida: quem me tira o meu querido Matt Preston tira-me uma válvula cardíaca. Adoro a boa disposição dele, os maravilhosos lenços coloridos e, acima de tudo, aquele ar de quem dá um pulmão em troca de um bom jantar.

Acontece que o meu querido Matt Preston tem várias receitas de cair para o lado, entre as quais este fenomenal húmus de ervilhas e espinafres aqui brilhantemente reproduzido pela revista Delicious. Como qualquer bom húmus que se preze, é facílimo de fazer.

Gary-Mehigan-George-Calombaris-Matt-Preston.jpg

 

croissants recheados com queijo derretido com apenas 5 ingredientes

Asneira. Acto ou dito disparatado, insensato. Consequência desastrosa ou negativa de uma acção.

Eu levo as palavras muito a sério. E, quando a minha querida e prezada Mulher Mistério me anunciou solenemente que esta sexta-feira seria o seu dia da asneira, eu socorri-me do meu precioso Dicionário Priberam da Língua Portuguesa para justificar os meus actos. "Disparatados", "insensatos", de consequências "negativas" ou "desastrosas".

Exactamente, acertou! Hoje vou fazer uma fabulosa receita com queijo derretido para dar verdadeiro significado a este Dia da Asneira.

A invenção é do fabuloso blog Creme de la Crumb e leva apenas croissants congelados, queijo mozzarella, manteiga derretida, alho em pó e alecrim seco. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

mozzarella-crescents-5.jpg

 

 

o truque para fazer o melhor guacamole de sempre

Ontem o guacamole perfeito era este, hoje o melhor guacamole está aqui. Confesso: sou uma espécie de Jorge Jesus da cozinha. Vendo-me por pouco. Basta acenarem-me com algum ingrediente delicioso, basta mostrarem-me uma dica surpreendente para eu cair desamparado nos braços da última novidade.

E hoje estou encantado com este truque maravilhoso da chef americana Cindy Pawlcyn para colocar o seu guacamole no pináculo da perfeição. Até o respeitável site Food52 ficou embevecido com esta singela ideia. O segredo está em acrescentar um molho diferente ao guacamole que o vai deixar com um toque ácido verdadeiramente inesperado. E que molho é esse?, pergunta vosselência.

ee29631b-94c4-4e16-8782-ce07188abf66--tempImageFor

 

a melhor maneira de comer iogurte grego

Cá em casa somos verdadeiramente obcecados por iogurte grego. As crianças adoram-no de todas as maneiras e feitios, a minha querida Mulher Mistério devora-o especialmente ao pequeno-almoço e eu acho-o claramente o melhor substituto para a maionese.

Por isso, quando vi o site Food52 – esse verdadeiro Pantagruel do século XXI – dizer que a melhor maneira de comer iogurte grego era transformá-lo em iogurte libanês percebi imediatamente que esta era uma missão para Mistério, James Mistério.

O labneh é um iogurte filtrado de forma a deixar escorrer todo o soro. É ainda mais espesso e forte do que o iogurte grego e fica com um leve sabor a queijo. Mas mantém aquela consistência cremosa única. No fundo, é uma delícia que está algures entre o chantilly e o queijo creme. Resumindo: é uma receita perfeita para criar um dip onde molhar uns fantásticos chips de batata doce ou umas tostas fininhas de pão alentejano.

A maior vantagem de todas é que o iogurte ideal para fazer labneh é o nosso querido e estimado iogurte grego. Depois só precisa de acrescentar dois dentes de alho bem picadinhos, sumo de limão espremido no momento, flor de sal e azeite extra virgem. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

d021b7d1-93a6-4153-97f2-086bdabfad1f--2018-0821_la

 

árvore de bolinhas de queijo, o aperitivo mais fácil para um jantar especial

Será que li a palavra fácil ao lado desta fotografia?

Leu, sim senhor. Esta espectacular receita do site Delish é a facilidade em forma de entrada. Demora apenas 20 minutos a preparar e mais 20 minutos no forno. São uma espectaculares bolinhas de massa de pizza enroladas à volta de uma bolinha de queijo mozzarella. Não preciso de dizer o que é que acontece quando esta delícia for ao forno, pois não? É isso: massa crocante por fora, queijo derretido por dentro.

Para fazer esta belezura da culinária, só precisa de massa de pizza, queijo mozzarella, manteiga derretida, parmesão ralado, manjericão picado, salsa picada, alecrim picado e um ovo levemente batido com uma colher de sopa de água. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

gallery-1481650567-delish-christmas-tree-pull-apar

 

 

o restaurante incrível onde come dentro de uma cavalariça

original.jpeg

Tem boxes para prender os cavalos, tem manjedouras para colocar o feno, até tem a antiga cuba onde se deitava a água para matar a sede dos animais. Só não tem mesmo é bichos. Em vez deles, agora estão lá mesas de jantar e uma das mais criativas cozinhas que provámos na zona da Comporta.

Cavalariça é um antigo estábulo onde os habitantes da Comporta paravam os cavalos até aos anos 60 e 70. Hoje foi transformado num fantástico restaurante com uma comida criativa e surpreendente e com um ambiente único. Aviso importante: este fim-de-semana é a última oportunidade de lá ir em 2018. Depois fecha para férias e só volta para o ano.

 

 

palitos estaladiços de batata doce no forno, o petisco mais saudável para o fim de tarde

Não há nada mais delicioso do que trincar um palito fininho e estaladiço de batata doce com uma cerveja mini à frente. O problema é que esta casa se transformou no último reduto dos mais extremistas taliban da dieta e por isso vivemos cercados por uma série de regras: não se pode usar óleo, as batatas não podem ser fritas e molhos para mergulhar os palitos de batata doce só se obedecerem a uma série de finos critérios de selecção.

Pode derramar uma lágrima de compaixão à vontade porque a minha vida alimentar é um verdadeiro inferno mistério. Felizmente existem receitas surpreendentes, deliciosas e saudáveis, como esta do fantástico blog Gimme Some Oven, para alegrar os meus dias cinzentos. Trata-se de uns incríveis palitos de batata doce fininhos e estaladiços feitos no forno. Não engordam, não chateiam a minha querida Mulher Mistério e estalam na boca.

Tudo o que vou precisar é de meio quilo de batata doce descascada, azeite, amido de milho (é um dos segredos para elas ficarem estaladiças no forno), alho em pó, paprika, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

 

The-Best-Crispy-Baked-Sweet-Potato-Fries-Recipe-1.

 

 

como fazer um guacamole perfeito

Sempre que dúvidas existenciais como esta me assistem, dirijo-me imediatamente até ao meu Pantagruel do secúlo XXI, também conhecido nos dias de hoje como Pinterest. É lá que os mais criativos e contagiantes curiosos por comida partilham as suas receitas. E é lá que invariavelmente eu procuro ideias deliciosas para cozinhar cá em casa.

E, numa sexta-feira de Verão (por muito desconfiados que esses sobrolhos estejam, sim, estamos no Verão! E até consta que as temperaturas vão subir), não há nada mais adequado do que um fresquíssimo e facílimo guacamole. É divinal para mergulhar uns palitos de cenoura, de aipo ou de pepino ao fim da tarde. Ou para servir com uns chips de batata doce num jantar de amigos. Ou simplesmente para suspender a dieta durante uns minutos e refastelar-se à frente da televisão com um balde de batatas fritas ao lado. E depois ir molhando as batatas no guacamole enquanto vê a sua série preferida.

Depois de uma exaustiva consulta ao Pinterest, escolhi para fazer hoje esta fenomenal receita do blog Confetti and Bliss que é tão só a receita de guacamole mais popular do Pinterest. E porquê? Ainda bem que me faz essa pergunta, estava mesmo à espera dela: Porque, além de facílima e rapidíssima de fazer, é a mais original receita de guacamole.

d344403cdc866f2c1e5ff7003147bf083aeef023.jpeg

 

 

hoje é dia de fazermos uma verdadeira sangria espanhola (e por isso temos aqui a receita do ferran adriá)

20180615_160321.jpg

Não podia resistir a uma oportunidade destas! Em dia de Portugal-Espanha, há alguma coisa melhor do que fazermos uma verdadeira "sangria espanhola"? Calculei... Então a combinação é a seguinte: caros conterrâneos da Selecção Nacional, Vossas Excelências tratam de fazer a sangria em campo, nós, adeptos devotos, encarregamo-nos de fazer a sangria em casa.

E, para um momento solene como o de hoje, precisamos dos melhores conselhos para fazermos a sangria mais eficaz. É por isso que tenho aqui a receita do melhor chef espanhol de sempre: Ferran Adriá, tão-só o antigo responsável pelo prestigiadíssimo El Bulli. Tenho a certeza de que, se usarmos a receita dele para fazer uma sangria, não vai sobrar nenhum espanhol em campo.

 

camarão com molho de manteiga e alho para celebrar a chegada do calor

Está oficialmente inaugurada a época do petisco na Mansão Mistério. A temperatura não pode subir um bocadinho que o meu querido e dileto esposo saca logo da mini do frigorífico e começa a querer petiscar. Só para me desgraçar! Ele faz de propósito para ninguém olhar para mim. Tenho a certeza. É a estratégia mais baixa e mais rasteira que tenho visto! Por isso, tenho de me antecipar e descobrir petiscos light. Este que descobri no ótimo blog Foodie Crush é ideal, desde que eu consiga resistir à tentação de molhar o pão no molho.

Só preciso de camarão grande (com casca e cauda), manteiga, alho, chalotas picadas, sal e pimenta preta moída, cerveja, limão, salsa, e pão, claro, para quem pode. Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 4 pessoas, espreite aqui a receita original.    

Peel-n-Eat-Shrimp-foodiecrush.com-105.jpg

 

 

o segredo para fazer umas batatas fritas estaladiças e crocantes no forno

Seguramente, já experimentou fazer uns divinais palitos de batata doce ou normal no forno, não já? E alguma vez ficaram moles e sem graça? Calculei... acontece a todos. Pois bem, hoje tenho aqui a solução para fazer sempre umas batatas crocantes e estaladiças. E não, não precisa de as mergulhar numa piscina de óleo para as deixar a crepitar na boca.

aabf143f6b5707f67e2a1cec73b542e238ec479c.jpeg

 

 

o vídeo ideal para um dia de mau tempo: pão alentejano recheado com queijo derretido no forno

DSC00063.jpg

Há coisas que nasceram para existir em conjunto: o Egas nasceu para estar com o Becas, o Jorge Jesus nasceu já com uma pastilha elástica na boca e o mau tempo nasceu para ter um queijo derretido no forno. E então se esse queijo for acompanhado por um magnífico pão alentejano quentinho e ainda a estalar, estamos perante a mais perfeita união que este universo já produziu.

É por isso que desafio toda a gente que não esteja agora nas Maldivas: veja este vídeo de 40 segundos e vá para a cozinha porque o seu dia está prestes a mudar.  

 

 

 

o melhor spot para umas férias na neve: uma esplanada gourmet no meio das pistas de ski

Ok, o ski é muito giro e divertido, é desporto, é saudável, queima calorias, toda a família participa e toda a gente cá em casa adora. Isso não tem discussão. No entanto... 

nomad1

...No entanto, o que seria de umas férias de ski se tivessem também um magnífico spot gourmet mesmo no meio das pistas? Costuma ir para Andorra? Prepara-se para passar lá as suas mini-férias de Carnaval? Ou da Páscoa? Então, não pode deixar de procurar o Nomad Gourmet Food Ratrack. 

 

os ceviches são óptimos, as ostras deliciosas, as sobremesas divinais e o serviço magnífico! (uma pista: estamos a falar do porto)

abertura.jpg

– Adoro a música! Parece a do hotel do Rafael, de Jane the Virgin!

Tenho de confessar: o nível de cultura musical dos nossos queridos e prezados Filhos Mistério esgota-se nos primeiros acordes das bandas sonoras das novelas venezuelanas. E, por isso, não perderam muito tempo a analisar a música ambiente do novo restaurante do Porto. Saltaram directamente para a deliciosa lista de criativos ceviches, fantásticas sobremesas e fabulosas ostras do Panca.

Aqui tudo tem a ver com a América Latina: desde a música à comida, passando por...

 

jantares com amigos: quais os melhores restaurantes em lisboa e porto

1.jpg

Entrámos naquela perigosa época dos jantares de Natal. Aquela época em qua as dietas se eclipsam da nossa vida à mesma velocidade a que as filhoses desaparecem da mesa da Consoada. Aquela época em que temos de celebrar com os amigos, com os actuais colegas do trabalho, com os ex-colegas da escola, com os futuros colegas do ginásio e até com aquele grupo que conhecemos na praia, no Verão de 1987.

É verdade, de agora até ao dia 24, a nossa vida está transformada na agenda do Marcelo Rebelo de Sousa – não há dia sem programa. E por isso foi com um enorme sorriso que recebemos o desafio do Novo Banco: eleger os melhores restaurantes para ir jantar fora com os amigos. Em grupo, em grupeta ou em multidão. Restaurantes animados, divertidos e com mesas grandes, onde possamos estar todos à vontade sem os olhares reprovadores do casal romântico do lado a cada gargalhada estridente da minha querida Mulher Mistério.

Estes são os nossos quatro restaurantes preferidos para jantar em grupo.