Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sangria de espumante e pêssego facílima de fazer para brindar ao são joão

Uma coisa é certa nesta casa: não há festa que nos escape. E, se no Porto, hoje está tudo de alho porro na mão, nós temos de estar de sangria no frigorífico. Cá em casa, se celebramos o Santo António, não há motivo para não celebrarmos o São João. E por isso é que hoje é dia de sardinhas e sangria ao jantar.

A eleita é uma divinal sangria de pêssego do fantástico blog Salted Mint. Para fazer esta maravilha, vou precisar de vinho branco (ou verde), espumante, pêssegos cortados em pedaços, licor de pêssego, framboesas, açúcar de palma, hortelã fresca e gelo. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Peach-Raspberry-Spritzer-8847.jpg

 

sangria verde de lima e kiwi para comemorar mais um feriado

O verde é a cor da esperança, é a cor da natureza e é também a cor da sangria. Pelo menos, de hoje em diante. Desde que a incrível autora do fantástico blog The Sweetest Occasion conseguiu transformar um surpreendente e saudável puré de kiwi numa deslumbrante e temível sangria de vinho branco.

Para fazer esta maravilha, só vai precisar de kiwis maduros, rum, xarope de menta (é só ferver partes iguais de água e açúcar com umas folhas de hortelã a gosto e depois retirar a hortelã), vinho branco Pinot Grigio ou outro a seu gosto, água com gás, limas em sumo e fatiadas e folhas de hortelã fresca torcidas para libertar os aromas. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

kiwi-sangria-recipe-16.jpg

 

 

sangria de margarita, a melhor invenção para apoiar a selecção esta noite

É o Ronaldo a entrar em campo e a sangria a entrar na goela. Só assim posso estar completamente focado a apoiar a nossa Selecção na final de hoje à noite. Na verdade, podia focar-me de outra maneira, mas convenhamos que não era a mesma coisa. Com um copo de sangria gelada na mão, tenho a certeza de que o apoio chegará mais forte à equipa.

E ainda mais com esta espectacular receita do fantástico blog A Farmgirl's Dabbles que é uma espécie de minotauro do mundo das bebidas: em vez de ser metade touro e metade homem, é metade sangria e metade margarita. E até leva as bordas dos copos com aquela mistura de lima e sal que é verdadeiramente viciante.

Tudo o que precisa é de tequilla, Cointreau, xarope de açúcar, sumo de lima espremido no momento, Prosecco (também pode usar espumante), sal e limas cortadas em gomos. Para saber as quantidades certas de cada inrediente, consulte a receita original aqui.

prosecco-margaritas_AFarmgirlsDabbles_AFD-1-1-600x900.jpg

 

melhor do que uma sangria fresca, só uma sangria de rosé com tequilla, morangos e cerejas

Perante temperaturas drásticas, medidas drásticas. Ou, por outras palavras, perante dias escaldantes, bebidas geladas.

Se até domingo, vamos ter um calor insuportável para lá dos 30 ºC, hoje vou já preparar-me para o choque térmico. Há quem ligue o ar condicionado, eu cá prefiro fazer a sangria gelada. E a eleita para hoje é uma poderosíssima combinação de vinho rosé com tequilla que ainda leva por cima um irresistível toque de morangos e cerejas.

A receita é do fantástico blog Half Baked Harvest e é facílima de preparar. Tudo o que vou precisar é de uma garrafa de vinho rosé, tequilla, sumo de lima, geleia de agave, morangos frescos cortados ao meio, mirtilos frescos, cerejas abertas ao meio, pêssegos cortados em fatias, limas às rodelas e manjericão. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Summertime-Rose-Tequila-Sangria-1.jpg

 

 

chá gelado com mojito para brindar ao regresso do bom tempo

Estou feliz! Segundo o IPMA (a abreviatura para Antímio de Azevedo do Século XXI), no domingo as temperaturas máximas vão chegar aos 28 ºC. E isso significa que será oficialmente inaugurada a época da sangria. E este ano, vou abrir a época com uma receita original do site Half Baked Harvest.

Em vez da tradicional sangria com vinho e 7Up, vou fazer uma espectacular combinação de chá gelado com mojito. Acha estranho? Olhe que eu entranho.

Tudo o que vou precisar é de chá branco, mel, limas, hortelã, manjericão, rum e água com gás. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

White-Tea-and-Muddled-Basil-Mojito-1-700x1050.jpg

 

 

este tempo de verão pede uma deliciosa sangria tropical para fazer em 10 minutos

Sinto-me como se estivesse no Havai, com um colar de flores à volta do pescoço: dia de sol, 25 ºC lá fora e as praias cheias de gente. Para me teletransportar para Waikiki, só me falta um cocktail tropical na mão. Como, por exemplo, esta maravilhosa sangria, do fantástico blog Plated Cravings, que consegue juntar maracujá, lima e abacaxi dentro do mesmo copo.

Mas a melhor notícia de todas é o tempo – não a temperatura, mas os poucos minutos que esta delícia demora a preparar. São 10 míseros minutos de trabalho para muitos goles de prazer.

Para fazer esta delícia, só vou precisar de vinho branco gelado, limonada de laranja com gás (se não encontrar, pode substituir por 7Up), maracujá, sumo de laranja, laranja, lima e abacaxi. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Tropical-White-Wine-Sangria-Plated-Cravings-5-640x

 

 

hoje é dia de fazermos uma verdadeira sangria espanhola (e por isso temos aqui a receita do ferran adriá)

20180615_160321.jpg

Não podia resistir a uma oportunidade destas! Em dia de Portugal-Espanha, há alguma coisa melhor do que fazermos uma verdadeira "sangria espanhola"? Calculei... Então a combinação é a seguinte: caros conterrâneos da Selecção Nacional, Vossas Excelências tratam de fazer a sangria em campo, nós, adeptos devotos, encarregamo-nos de fazer a sangria em casa.

E, para um momento solene como o de hoje, precisamos dos melhores conselhos para fazermos a sangria mais eficaz. É por isso que tenho aqui a receita do melhor chef espanhol de sempre: Ferran Adriá, tão-só o antigo responsável pelo prestigiadíssimo El Bulli. Tenho a certeza de que, se usarmos a receita dele para fazer uma sangria, não vai sobrar nenhum espanhol em campo.

 

novidade! novidade! há uma nova esplanada em marvila com caracóis e petiscos

Chama-se Cantinho com Calma e é a mais recente esplanada de Lisboa. Abriu na semana passada, mesmo em frente ao Cantinho do Vintage, em Marvila, aquela fabulosa loja de artigos antigos que vão desde cabines telefónicas (sim, houve um tempo em que não existiam telemóveis) a velhas balanças amarelas iguais às que existiam nas farmácias (lembra-se?), passando, claro, por produtos mais pequenos que a minha querida Mulher Mistério me deixaria ter em casa (especialmente em momentos de profunda distracção). O espaço nasceu de uma parceria entre este maravilhoso Cantinho do Vintage e o fantástico Café com Calma, que nós adoramos e ao qual nunca nos cansamos de voltar.

20180602_163524.jpg

O Cantinho com Calma fica mesmo em frente ao Café, dentro do parque de estacionamento do Cantinho, e é lá que vai acontecer aquele que, para nós, é o arraial de Santo António mais promissor do ano. Em primeiro lugar, é organizado por um espaço que faz questão de colocar a palavra "calma" em cada um dos seus projectos, o que, em noite tresloucada de turbas desesperadamente à procura de mais uma gota de álcool, é, no mínimo, reconfortante. Depois, porque o Cantinho com Calma é dos sítios com mais charme de Lisboa. E finalmente porque Marvila é Marvila – aquela fantástica combinação de velho e novo que tem uma alma única em Lisboa.

33943543_1020957061394939_7519311841969831936_n.jp

É evidente que, no meio de tanta expectativa, não consegui esperar pela noite de Santo António e fui direitinho aproveitar um dos raros momentos de sol que esta Primavera teve para nós para me sentar à frente de uma fantástica sangria e de uma taça de caracóis.

 

 

sangria de frutos vermelhos para chamar o verão

Apesar de ainda não estar nem física nem psicologicamente preparada para estrear os meus novos outfits para este verão, já tenho saudades de um bom dia de praia. Nunca mais é verão! Irra!

Nunca estamos contentes com nada, a verdade é esta. Porque no dia em que o meu querido Marido Mistério quiser inaugurar a nossa época balnear, eu vou fazer uma fita a dizer que o melhor é ficarmos na piscina porque pareço uma baleia branca. É a história da minha vida. Enfim, mas como hoje é domingo e (in)felizmente São Pedro decidiu ajudar-me a adiar o meu temível regresso ao areal, vou ficar por casa a desgraçar-me mais uma vez com esta incrível e deliciosa sangria de frutos vermelhos que descobri no blog One Sweet Mess.

Só vou precisar de framboesas congeladas, morangos cortados ao meio, amoras, uma garrafa de vinho rosé, xarope de framboesas (já explico como se faz, não se assuste), vodka e 7Up. Para fazer o xarope de framboesas, vai precisar das propriamente ditas, congeladas ou frescas, de água e de açúcar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para um jarro, espreite aqui a receita original.

Raspberry-Moscato-Sangria-31.jpg

 

 

sangria de manga e framboesas para celebrar a chegada do sol

Finalmente, chegou o calor! Que maravilha. Já tenho um excelente pretexto para fazer uma bela de uma sangria. A verdade é que preciso desesperadamente de beber para esquecer, porque ainda não estou em condições de me apresentar condignamente de biquíni. Posso sempre mudar de religião e ir de burca para a praia. Talvez seja mais fácil do que emagrecer…

Esta receita que descobri no blog Nutmeg Nanny é fácil de fazer e ainda mais fácil de beber!

Só precisa de uma garrafa de vinho branco, sumo de manga, uma manga madura cortada em pequenos cubos, framboesas, gin, folhas de hortelã, adoçante e 7Up.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para um jarro, espreite aqui a receita original.

raspberry-mango-sangria.jpg

 

 

sangria de vinho verde para fazer em 15 minutos

Depois do tufão que ontem passou por Lisboa, acordei hoje com uma certeza na cabeça: preciso urgentemente de aproveitar os últimos dias de sol, antes que comece a chuva e o cheirinho a castanhas (esta parte gosto). E, por isso, decidi fazer hoje uma maravilhosa e facílima sangria de Vinho Verde que encontrei no fantástico blog Minimalist Baker.

Na verdade, encontrei esta preciosidade totalmente por acaso. Estava eu à procura de sangrias quando choquei de frente com uma fotografia de uma garrafa onde dizia Aliança – Wines of Portugal. Como qualquer ferveroso patriota, fui logo ler para perceber como é que um blog americano do Oregon tinha descoberto um vinho tão português. E foi então que percebi que infelizmente não descobriu: apesar de estar a usar o portuguesíssimo Vinho Verde Aliança, a blogger elogiava o "irresistível vinho branco de Espanha" da marca Aliança. Espanha?! Vinho Verde?! Aliança?! Como é que é possível?! Daqui a nada, temos Vinho do Porto de Badajoz.

Ultrapassada a minha mini-indignação, ao melhor estilo Padeira de Aljubarrota, não me resta outra alternativa senão fazer esta sangria com VINHO VERDE PORTUGUÊS! Tudo o que vou precisar é de uma garrafa de Vinho Verde, açúcar de cana, conhaque de maçã (como Calvados), maçã, lima, limão, pêssego e morangos – tudo cortado às fatias. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

sangriavinho.jpg

 

 

sangria branca de morangos e limão (só para refrescar as ideias durante o fim de semana)

Sábado quente sem sangria é como festa de anos sem bolo. Não dá. Cá em casa já é um ritual. Está calor? Faça-se sangria! Basta fazer uma pesquisa rápida aqui no blog (experimente escrever a palavra “sangria” ao lado da lupa e vai perceber a dimensão do nosso vício). Rivaliza seriamente com a palavra “gin” (a preferida do meu querido Marido Mistério) ou “dieta” (a minha preferida).

No verão, gosto mais de sangrias brancas ou de espumante porque são mais leves e frescas. Por isso, hoje vamos fazer esta maravilha que descobri no blog Kitchen Treaty.

Só precisamos de limões cortados em fatias fininhas, uma maçã fatiada, morangos cortados em fatias, uma garrafa de vinho branco, rum e uma 7Up.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

strawberry-lemon-white-sangria.jpg

 

 

sangria de gin tónico?! é isso mesmo, acho que o céu me caiu na cabeça

É como juntar o Messi e o Ronaldo na mesma equipa. É como ter a Gisele Bundchen e a Sara Sampaio dentro do mesmo biquíni. É como conjugar o Marcelo Rebelo de Sousa e o Speedy González na mesma agenda. Se o gin tónico é a bebida perfeita para um fim de tarde, a sangria é a bebida ideal para um fim-de-semana. Então por que não juntar as duas bebidas no mesmo jarro?

Foi isso mesmo que pensou o autor do blog The Fitchen. E o resultado está à vista: uma fabulosa e surpreendente sangria, feita com gin e água tónica de braço dado com vinho branco. 

Tenho de confessar que estive a semana inteira a contar os dias para o fim-de-semana, a única altura em que a minha querida Mulher Mistério autoriza a ingestão de sangrias na sua temível dieta. Para fazer esta maravilha, só vou precisar de vinho branco, limas (para espremer e para cortar às fatias), pepino cortado fininho, gin, cana de açúcar (ou açúcar mascavado) a gosto, água tónica e alecrim. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

IMG_6601-682x1024.jpg

 

sangria de figos, a receita mais exótica deste verão

A minha querida Mulher Mistério está a começar a entrar numa fase de profunda tristeza: não por as férias terem chegado ao fim ou por o vento em Lisboa estar ao nível do Oklahoma em dia de tornado, mas porque a época dos figos está perigosamente a aproximar-se do final. É verdade, Ela gosta tanto de figos como o Ronaldo gosta da Dona Dolores e, por isso, está a começar a sentir saudades por antecipação.

Passa os dias a ver fotografias e receitas com figos e compra todas as caixas da fruta que encontra no supermercado. O que vale é que, no meio de toda esta loucura, sempre sobra tempo para fazer óptimos pratos e bebidas com figos. Hoje, por exemplo, vou fazer esta deliciosa sangria de figos para animar a tarde Dela.

A receita é do blog Front + Main e leva uma garrafa de vinho branco, licor St. Germain, xarope de anis, sumo de limão espremido no momento, uvas congeladas, figos cortados em quartos, hortelã, gelo e 7Up. Se conseguir encontrar com facilidade umas pétalas de rosa comestíveis, também pode acrescentar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

06-25-Marrakesh-Sangria_04-683x1024

 

sangria de ananás e lima só com 5 ingredientes

Não há nada como uma boa e simples sangria. Se eu tiver uma garrafa de vinho branco razoável, uma garrafa de 7Up e fruta madura, sou um homem feliz. Não há necessidade de inventar demasiado: misturar xaropes, licores e muito açúcar só vai deixar a sangria doce demais.

Por isso é que hoje sou oficialmente um homem feliz: a minha querida Mulher Mistério trouxe-me um delicioso ananás do supermercado e eu encontrei esta fantástica e simples receita do blog Paper & Stitch. O ananás dá-lhe um toque exótico e a lima dá-lhe a acidez que corta o açúcar da fruta. Depois é só juntar vinho e 7Up.

Tudo o que vou precisar é de cinco simples ingredientes: vinho branco (mas com espumante também vai ficar bom), um ananás inteiro, sumo de ananás natural, três limas e 7Up. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

pineapple-lime-sangria-spritzer-1