uma casa, duas caras

    Esta casa em São Francisco é a casa ideal para nós. Porquê? Porque é clássica de um lado e moderna do outro. Ou seja, de um lado é a cara Dele, do outro é a minha cara. Como ocupa dois lados de um quarteirão, tem duas entradas. Uma delas, original da época vitoriana, perfeitamente preservada, dá as boas vindas a todo um ambiente clássico, e seria claramente o lado do meu querido Marido Mistério, enquanto o lado oposto, moderno e cheio de vidros, abre as portas a todo um mundo novo, que seria obviamente o meu. Qual das duas prefere?

     

    Boa quarta-feira,

    Ela

    3 comentários em “uma casa, duas caras

    1. Se a casa é uma só e como gosto das duas caras, quero a casa toda.
      Quando me sentisse mais romântica, entrava pelo porta clássica, quando me sentisse, mais moderna, jovem, divertida, sensual (ahahahah), entrava pela porta moderna.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *