Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

casal mistério

Ele cozinha, ela viaja. Quando estão fora, testam e avaliam restaurantes, bares e hotéis. Quando se juntam em casa, escrevem sobre o que viram: o bom, o mau e o péssimo.

sangria de gin tónico?! é isso mesmo, acho que o céu me caiu na cabeça

É como juntar o Messi e o Ronaldo na mesma equipa. É como ter a Gisele Bundchen e a Sara Sampaio dentro do mesmo biquíni. É como conjugar o Marcelo Rebelo de Sousa e o Speedy González na mesma agenda. Se o gin tónico é a bebida perfeita para um fim de tarde, a sangria é a bebida ideal para um fim-de-semana. Então por que não juntar as duas bebidas no mesmo jarro?

Foi isso mesmo que pensou o autor do blog The Fitchen. E o resultado está à vista: uma fabulosa e surpreendente sangria, feita com gin e água tónica de braço dado com vinho branco. 

Tenho de confessar que estive a semana inteira a contar os dias para o fim-de-semana, a única altura em que a minha querida Mulher Mistério autoriza a ingestão de sangrias na sua temível dieta. Para fazer esta maravilha, só vou precisar de vinho branco, limas (para espremer e para cortar às fatias), pepino cortado fininho, gin, cana de açúcar (ou açúcar mascavado) a gosto, água tónica e alecrim. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

IMG_6601-682x1024.jpg

 

massa folhada com espargos, presunto e parmesão, uma receita fácil e irresistível só com 5 ingredientes

Há receitas assim, que nos conquistam ao primeiro olhar. Alguém resiste a esta maravilha? Já me estou a imaginar a dar uma trinca nesta delícia, e ficar com aquela sensação - não de absorção - mas de que só vou parar quando acabar com o tabuleiro todo. Descobri esta maravilha num site polaco, o Kwestia Smaku, (sim, sou poliglota, não, estou a brincar: ainda não sei falar polaco mas tenho um excelente dicionário em casa) e não vou descansar enquanto não pedir ao meu querido Marido Mistério para fazer. Ou melhor, esta receita é tão fácil que vou ter um ataque de loucura e, desta vez, vou eu vestir o avental. Sem medos.

Só preciso de 150 g de massa folhada com uma espessura de cerca de 2 mm, 12 espargos verdes, fatias finas de presunto e queijo parmesão ralado.

szparagi_w_ciescie_francuskim_01_0.jpg

 

 

a mousse de chocolate perfeita para o verão: sem açúcar, com fruta e chantilly de coco

A minha querida Mulher Mistério é senhora de várias verdades absolutas sobre a Humanidade. Por exemplo, na sua escala do humanamente recomendável, não cabem por exemplo gelados no Inverno ou mousses de chocolate no Verão. Não sei bem onde é que Ela foi buscar estas descobertas inquestionáveis, mas já a minha avozinha dizia que os malucos não devem ser contrariados. Por isso, eu prefiro sempre fazer um sorriso amarelo e seguir a minha vida na cozinha como se nada fosse.

Mas hoje tenho a receita ideal para a calar de vez. Trata-se de uma fabulosa mousse de chocolate, do blog How Sweet It Is, feita especialmente a pensar no Verão. E porquê?, pergunta Vossa Senhoria. Porque junta a cremosa mousse de chocolate com uma divinal mistura de frutas da época, o que lhe dá um toque fresco imbatível. Além disso, é dietética porque não leva açúcar – leva abacate para tornar a textura mais suave e chantilly de coco para ajudar a adoçar.

Tudo o que vou precisar é de abacate bem maduro, leite de coco, cacau em pó, mel, chocolate preto derretido, extracto de baunilha, flor de sal, chantilly de coco (veja aqui como fazer), morangos, mirtilos, framboesas e cerejas tudo cortado em pedaços. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

avocado-chocolate-mousse-I-howsweeteats.com-8.jpg

 

 

o jantar mais rápido e fácil para quem não quer ter trabalho: lombos de salmão com molho de soja agridoce (e não suja nada!)

O nosso filho mais novo chegou ontem a casa e anunciou solenemente:

– Pai, quero ter um bigode com as pontas enroladas para cima. Como é que se faz?

– Bem, primeiro e mais importante de tudo, é preciso ter idade para deixar crescer um bigode. Depois, então, tratamos das pontas enroladas.

– Mas o Kiko, da novela, tem um bigode. Porque é que eu não tenho?

– Se calhar, porque o Kiko, da novela, tem 20 anos.

– Mas eu já tenho 10. Porque é que não se tem bigode aos 10 anos?

Toda esta magnífica conversa prolongou-se ao longo de 15 minutos, período durante o qual eu tive tempo de preparar um magnífico salmão no forno com molho de soja agridoce, do fantástico blog Eat Yourself Skinny. Além de ser mais rápida de fazer do que rapar um bigode de D'Artagnan, esta receita não suja absolutamente nada: tudo é cozinhado ao mesmo tempo, por cima de um tabuleiro forrado com uma folha de papel de alumínio.

Para fazer esta delícia, só precisa de quatro lombos de salmão ainda com a pele, feijão verde fininho e arranjado e cenourinhas cortadas em palitos de 5 centímetros. Para o molho de soja agridoce, precisa de molho de soja, molho agridoce, mel, gengibre ralado, alho picado e cebolinho picado. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

ginger-soy-salmon-2.jpg

 

 

passámos uma tarde nas novíssimas e tão elogiadas praias fluviais do alqueva e...

…não sei se está preparado para ler este meu relato. Que tarde, minha Nossa Senhora! Quis o destino que fôssemos passar um fim de semana ao Alqueva em julho, poucos dias depois de terem sido inauguradas as praias fluviais de Monsaraz e de Mourão. Como somos fãs da região, aliás já fizemos aqui um roteiro sobre os nossos sítios preferidos no Alqueva, quisemos ir ver in loco as novas cabeças de cartaz do maior lago artificial português, tão elogiadas pelos meios de comunicação social. Ainda por cima estavam cerca de 40º C à sombra, por isso tudo o que nos apetecia era refrescar estes corpinhos atléticos, sobretudo depois de ter visto imagens como estas nas notícias.

1.jpg

 

será que este é o bolo mais fácil de sempre? tarte de iogurte grego e frutos vermelhos sem açúcar

Se só tem cinco ingredientes, é porque é fácil de fazer. Se demora menos de 20 minutos a preparar, é porque é rápido. Se não leva açúcar nem farinha, é porque é dietético. Se ainda está aí à frente do computador, é porque tem uma paciência de santo para me aturar.

De facto, a minha querida e franca Família Mistério já me tinha dito que eu consigo ser repetitivo e ligeiramente cansativo, mas só agora é que realizei até que ponto. Por isso, vou procurar despachar-me. Esta receita do fantástico site Food52 consegue juntar quase tudo aquilo que uma sobremesa perfeita deve ser: é fresca, dietética, saborosa, fácil de fazer e tem várias texturas – especialmente a base crocante misturada com o recheio cremoso.

Tudo o que vou precisar para fazer esta delícia é de nozes pecan cruas, mel, manteiga sem sal, iogurte grego e framboesas, morangos ou outros frutos silvestres que preferir. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

5b64f15f-0d6e-4f7d-ae87-1bd22760dde3--raspberry_yogurt_tart_2.jpg

 

mini queques de banana, manteiga de amendoim e batata doce sem glúten com apenas 4 ingredientes

Está tudo estragado! Esta receita do blog The Lean Green Bean até que é saudável, o problema é que dos 4 ingredientes principais, 3 são também as minhas principais perdições: banana, manteiga de amendoim e batata doce.

Só um génio da culinária para juntar estas três maravilhas numa única receita que ainda, por cima, é muito fácil de fazer! Demora 5 minutos a preparar e 20 minutos no forno. Sem glúten nem açúcar, estes mini queques são ideais para o pequeno-almoço, para o lanche ou para um snack a qualquer hora do dia.

Só precisa de batata doce cozinhada e esmagada, uma banana também esmagada, manteiga de amendoim ou de amêndoa (se preferir), ovos e canela. Se quiser, pode acrescentar pepitas de chocolate preto, sementes de chia ou até fruta, se gostar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 14 mini queques, espreite aqui a receita original.

sweet-potato-bites-6.jpg

 

 

demora 5 minutos a fazer e é o petisco ideal para o verão: courgette com queijo parmesão derretido

Tudo o que envolva queijo, um microondas e menos de dez minutos de trabalho deixa-me num estado de felicidade ao nível da Assunção Cristas a posar ao lado da Ágata para a campanha eleitoral para as autárquicas. E esta fabulosa receita do blog Foodie Crush tem tudo isso e ainda mais: é leve, fácil e uma óptima sugestão para um dia de calor.

Tudo o que precisa para fazer esta delícia é de duas courgettes bem lavadas e cortadas às rodelas, manteiga, parmesão ralado, flor de sal e pimenta preta moída no momento. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Parmesan-Zucchini-foodiecrush.com-005-683x1024.jpg

 

smoothie de melancia com pêssego para começar o dia de forma saudável

Doce. Fresco. Vegan. Sem glúten. Sem açúcar. Saudável. Quer que continue? Este smoothie de melancia e pêssego que descobri no blog Seasonal Cravings é tudo isto e muito mais. É o ideal para estes dias de calor e para começar a sua manhã de forma saudável. Com apenas 4 ingredientes, é facílimo de fazer, só precisa de 5 minutos do seu precioso tempo. A grande vantagem da melancia é que, além de ser deliciosa, 92% da sua composição é água. Se tiver a sorte da sua ser bem madura será com certeza muito doce, se não for o caso, pode sempre acrescentar uma ou duas colheres de mel para adoçar o seu smoothie. 

Só precisa de melancia cortada em pedaços, um pêssego maduro fatiado, leite de coco, gelo e folhas de hortelã para decorar.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 2 pessoas, espreite aqui a receita original.

watermelonsmoothie17ps

 

 

sangria de figos, a receita mais exótica deste verão

A minha querida Mulher Mistério está a começar a entrar numa fase de profunda tristeza: não por as férias terem chegado ao fim ou por o vento em Lisboa estar ao nível do Oklahoma em dia de tornado, mas porque a época dos figos está perigosamente a aproximar-se do final. É verdade, Ela gosta tanto de figos como o Ronaldo gosta da Dona Dolores e, por isso, está a começar a sentir saudades por antecipação.

Passa os dias a ver fotografias e receitas com figos e compra todas as caixas da fruta que encontra no supermercado. O que vale é que, no meio de toda esta loucura, sempre sobra tempo para fazer óptimos pratos e bebidas com figos. Hoje, por exemplo, vou fazer esta deliciosa sangria de figos para animar a tarde Dela.

A receita é do blog Front + Main e leva uma garrafa de vinho branco, licor St. Germain, xarope de anis, sumo de limão espremido no momento, uvas congeladas, figos cortados em quartos, hortelã, gelo e 7Up. Se conseguir encontrar com facilidade umas pétalas de rosa comestíveis, também pode acrescentar. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

06-25-Marrakesh-Sangria_04-683x1024

 

panquecas de aveia e avelã sem açúcar, a receita ideal para começar em grande este feriado

Ah e tal, uma blogger não tem fins de semana nem feriados. Está sempre a trabalhar, é verdade. Mas quem corre por gosto não cansa. Além disso, verdade seja dita, eu não sou blogger. Tenho uma profissão que adoro, que também não sabe muito bem o que é isso dos fins de semana.

No fundo eu sou uma espécie de Violet Crawley, da série Downton Abbey, quando perguntava boquiaberta e horrorizada:

- What is a weekend? -  Só que em versão pobre e da classe trabalhadora. E mais nova, vá.

Por isso aqui estou eu, em pleno feriado, a sugerir a receita ideal para alegrar a sua manhã: umas saudáveis e deliciosas panquecas de aveia e avelã sem açúcar, que descobri no ótimo site australiano Cooked.

Só precisa de flocos de aveia, avelãs moídas, farinha integral com fermento, azeite, ovos e leite para as panquecas propriamente ditas. Para o molho de frutos vermelhos, vai precisar de uma mistura de frutos vermelhos congelados, sumo de uma laranja e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 12 panquecas, espreite aqui a receita original.

f16d0fbcef8ed8cd7c5e5f8686327940

 

 

5 deliciosos e facílimos almoços para levar para a praia (e que não são sanduíches)

Está um homem sozinho a trabalhar em Lisboa, enquanto o resto do país está estendido nas praias do Algarve (e também, de pé, nas filas para os restaurantes...), e o que é que ele faz? Reza para que comece a chover e o trabalho em Lisboa custe menos? Lança um mau olhado a toda a gente que está de férias? Não, este pobre homem é generoso e benemérito e, por isso, lança-se numa incansável busca pelas melhores e mais saudáveis receitas de almoços para os felizardos veraneantes poderem levar para a praia e usufruir ainda mais das suas férias.

Escusado será dizer que, caso ainda não tenha percebido, ele (o generoso e benemérito) sou eu próprio que, além de falar de mim mesmo na terceira pessoa, como fazia o Jardel, estou aqui à frente do computador a trabalhar para si, feliz veraneante.

Não está cansado da velha e calórica sanduíche? Não está farto de comer sempre o mesmo na praia enquanto contribui para insuflar essa pobre barriga? Calculei. É por isso que hoje tenho aqui 5 deliciosas receitas de almoços frios para levar na lancheira – e que não são sanduíches. Vai ver como, depois de provar isto, não vai querer outra coisa.

 

Salada de camarão com aipo e cebolinho

Old-Bay-Shrimp-Salad-1-1

Esta deliciosa receita do blog Once Upon a Chef é mais rápida do que a própria sombra. Tudo o que tem de fazer é cozer o camarão e descascá-lo. Depois, preparar um molho misturando numa taça maionese, molho inglês, vinagre, paprika, pimenta preta, pimenta vermelha, flor de sal e mais especiarias ao seu gosto (a receita original utiliza a mistura de especiarias Old Bay, mas eu nunca a encontrei à venda em Portugal). 

Junte o camarão com o molho e com aipo cortado em pedaços e cebolinho picado. Misture bem e guarde na lancheira. Vai ver como o seu almoço vai ser diferente. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite a receita original aqui.

 

 

tostas de queijo de cabra com framboesas, um surpreendente almoço de verão

Há filmes que são um murro no estômago. Sabe aquela sensação de sairmos da sala de cinema e parecer que ainda ficamos por lá durante dias e dias? Aconteceu-me isso esta semana! Se ainda não viu, não perca o Dunkirk, de Christopher Nolan, uma história tão simples e tão bem contada que me deixou esmagada.

Tudo isto foi um pretexto (eu sei, a ligação não é brilhante mas a uma segunda-feira de manhã em que o país está todo de férias menos eu, é o que se arranja) para falar de... framboesas esmagadas! Eu avisei que não era brilhante. Mas esta receita do blog Wry Toast é tudo o que eu preciso para animar a minha segunda-feira e o meu estômago que ainda não recuperou do filme do Nolan. E já agora também é uma ótima ideia para os 99,999% de portugueses que estão de férias e sem imaginação e, por isso, precisam de uma sugestão de uma sanduíche original para levar para a praia.

Só vou precisar de framboesas (a receita original é com amoras, mas eu vou trocar), mirtilos, extrato de baunilha, açúcar, água, amido de milho (tipo Maizena), pão alentejano cortado às fatias, queijo de cabra e folhas de hortelã.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para cerca de 8 tostas, espreite aqui a receita original.

Blackberry-Toasts-Overhead-3-700x1054

 

tártaro de salmão com beterraba e abacate, um jantar saudável e fresco para o verão

Os meus queridos Filhos Mistério inventaram uma nova tendência mundial para poderem passar grande parte dos seus dias de férias em casa, à frente da televisão, sem mexerem um único músculo, enquanto nós vamos trabalhar.

– Pai, isto não é preguiça, é nesting!

– Como é que é?

– Sim, nesting! É a arte de podermos aproveitar o nosso lar, o nosso ninho...

Este aproveitamento do lar pode ser facilmente traduzido em aproveitamento da televisão – neste caso, até ao limite. Por isso, amanhã vou obrigá-los a trabalhar. Se não querem sair de casa, ir para a praia ou correr junto ao rio, podem ficar em casa – mas a fazer o jantar.

Felizmente para eles, descobri uma receita simples e deliciosa só com cinco ingredientes, o que vai facilitar bastante o seu trabalho. Trata-se de um fantástico tártaro de salmão com beterraba e abacate do fantástico site da Heather Christo. Além de delicioso, tem um aspecto irresistível graças à combinação das cores do salmão com o abacate e a beterraba.

Tudo o que vão precisar é de salmão bem fresco, beterraba cozida e abacate maduro – tudo cortado em cubos pequeninos. Depois, vão usar chalotas e pimentos jalapeño picados (os pimentos encontra-os nos mercados ou no El Corte Inglés). Para acompanhar o tártaro, fazem um molho de vinagrete de limão que só leva alho, mais pimento jalapeño, mel, sumo de limão espremido no momento, azeite e flor de sal. Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

Salmon-Beet-and-Avocado-Tartar-with-Lemon-Vinaigrette-from-HeatherChristo.com_

 

 

descobri umas panquecas com 112 calorias cada uma e já as experimentámos este fim de semana!

São saudáveis, não têm açúcar refinado e são facílimas de fazer. Que o diga o meu querido Marido Mistério que as fez ontem de manhã num abrir e fechar de olhos. Quando li na receita original do blog Whole and Heavenly Oven que cada duas panquecas são apenas 225 calorias, chamei o nosso filho nerd e perguntei-lhe se conseguia fazer esta difícil conta de dividir. Ele revirou os olhos e nem me respondeu… Não sei se ficou ofendido com a pergunta ou se já está na fase que não tem a menor paciência para as minhas piadolas. Provavelmente foram as duas coisas juntas. Enfim, disse-lhe logo que ia comer menos panquecas do que os irmãos e ele ficou impávido e sereno. Estou naquela preocupante fase em que ninguém me leva a sério. O meu querido Marido Mistério chama-lhe falta de autoridade, eu chamo-lhe falta de paciência e seguimos com a nossa vida.

Estas panquecas são macias e deliciosas e cada uma tem (para ser mais exata) apenas 112,5 calorias!

Ele só precisou de um ovo, óleo de coco derretido, iogurte grego, leite, extrato de baunilha, farinha de trigo integral, flocos de aveia, amido de milho, açúcar de coco ou mascavado, fermento, bicarbonato de sódio, sal, morangos fatiados, mirtilos frescos e xarope de ácer.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 pessoas, espreite aqui a receita original.

Healthy-Mixed-Berry-Multi-Grain-Pancakes